Enfurecido, José de Abreu culpa Bolsonaro pela morte de Paulo Henrique Amorim

José de Abreu e Bolsonaro
José de Abreu culpou Bolsonaro pela morte de Paulo Henrique Amorim (Imagem: Divulgação / Globo)

José de Abreu, após a polêmica com a autora Gloria Perez, bateu de frente com Jair Bolsonaro usando a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim. O ator da Globo culpou o presidente da República pela morte do apresentador da Record.

Paulo Henrique teve um infarto fulminante, em casa, após um jantar com amigos em um restaurante. A Record, por meio de um comunicado, lamentou a morte do apresentador, afastado do comando do “Domingo Espetacular”.

José de Abreu, por meio da sua conta no Twitter, causou polêmica afirmando que Paulo Henrique enfrentou uma decepção com o afastamento repentino da revista dominical e culpou Bolsonaro.

“Paulo Henrique Amorim teve a maior decepção de sua vida quando há poucos dias foi afastado do programa [Domingo Espetacular], por ordem do energúmeno presidente e seus asseclas”, disparou.

Em seguida, Abreu culpou os “fascistas” pela morte do jornalista. “Mais uma morte na conta dos fascistas”, finalizou. A fala do famoso, no ar em “A Dona do Pedaço”, se tornou o assunto mais comentado na rede social.

Confira:

José de Abreu e Bolsonaro
José de Abreu culpou Bolsonaro por morte de jornalista (Imagem: Reprodução / Twitter)
CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

ALERTAS GRATUITOS