Ex-atores da Globo ficam no anonimato na Record

Record
Record não dispõe de estratégia para sua dramaturgia (Imagem: Divulgação)

O que vou escrever não tem o objetivo de desmerecer quem quer que seja. Mas apenas mostrar uma realidade sobre a Record que deveria mudar, mas não muda.

Inúmeros atores que trabalharam na Globo e depois foram atuar na Record provaram o gosto do anonimato. Um deles falou para mim pessoalmente que estava há mais de 7 anos na emissora e quando era abordado nas ruas as pessoas perguntavam quando ele iria voltar a trabalhar na TV.

Outro grande ator que foi para o canal declarou que trabalhar na rede de Edir Macedo era ficar no anonimato. Uma atriz que está na Globo no momento se recusa a dizer que começou na Record.

A Record dá emprego, paga em dia, mas não dá prestígio aos atores que lá atuam. Não existe uma estratégia de divulgação e manutenção de propaganda das novelas e seus atores. Não existe estratégia de repercussão do produto novela.

É uma pena que o comando da emissora não entenda isso e gaste tempo e trabalho sem nenhuma serventia. As novelas bíblicas são uma obrigação do canal que é de propriedade de evangélicos. Mas poderiam aumentar o número de novelas contemporâneas com estratégia de repercussão.

Como eu escrevi acima, a emissora dá emprego, paga em dia e os atores devem ser agradecidos pelo trabalho. Mas o canal poderia caprichar na estratégia de repercussão porque isso daria prestígio à Record na área de novelas, coisa que infelizmente ela não tem.