Ex-BBB Hana Khalil fala o que pensa sobre positividade tóxica

Hana Khalil
Ex-BBB Hana Khalil fez um desabafo sobre positividade tóxica (Imagem: Reprodução / Instagram)

Hana Khalil, participante do BBB 2019, fez um desabafo no Instagram sobre positividade tóxica. No vídeo, a influencer criticou a atitude e deu sua opinião sobre o assunto.

Existe um abismo entre emanar amor e tratar emoções negativas como algo que não existe ou que as pessoas que escolhem. Nenhuma bad vibe é uma escolha. Vamos de respeitar os processos alheios, as respostas não tão só nas vibrações“, iniciou.

Na sequência, a ex-sister ainda refletiu que “a cultura good vibes, sem considerar diferentes realidades e rejeitando emoções ruins como se não fossem algo natural, pode ser uma droga pesada“.

Ela ainda pontuou que esse tipo de positividade pode ser nociva: “Além de ser extremamente perigosa por não fazer nenhum recorte, é muito desonesta com a realidade e injusta com sentimentos naturais causados por um mundo realmente pesado“.

Não quero que ninguém pense que a carga emocional delas está atrelada somente à incapacidade delas de serem positivas porque isso seria desonesto com a realidade catastrófica que vivemos. O medo, a dor, a fadiga, o cansaço, a exaustão mental e física, a incapacidade de realizar certas tarefas, a produtividade e a disposição definitivamente não estão atreladas a incapacidade das pessoas de serem positivas e vibrarem melhores“, afirmou Hana Khalil.

No desabafo, a também ex-De Férias Com o Ex disse: “O conceito de reduzir todos os sentimentos ruins até que você não possa mais vê-los e se anestesiar de sentir coisas ruins não é uma forma boa de viver. Saúde e responsabilidade é trabalhar com honestidade com seu emocional. Atrelar bad trips à falta de pensamento positivo e falta de vibrações boas e confiança em si mesmo pode atrapalhar o processo da pessoa, transformando isso numa culpa ou em um buraco mais fundo“.

Não dá para romantizar a tristeza, mas também não dá para romantizar a felicidade. Não dá para ignorar a tristeza e agir como se tudo dependesse da sua vontade de resolver parar de reclamar. O medo de alguém não é determinado só por uma ‘cabeça negativa’. O bloqueio de alguém não pode ser resumido por ‘falta de confiança em si mesmo’. Por isso, te digo: reclame, grite, chore quando precisar, sinta o que precisar sentir. A vida é uma avalanche de informações e precisamos botar para fora para se organizar, senão vira um arquivo que pode criar mofo e te prejudicar“, concluiu.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›