Ex-BBB Marcela Mc Gowan lembra sofrimento após “cancelamento” e fala da bissexualidade

Marcela Mc Gowan
Ex-BBB Marcela Mc Gowan fez desabafo no Stories do Instagram (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marcela Mc Gowan consegue entender um pouco do que Lucas Penteado, que deixou o BBB 2021, está passando. Ex-BBB e bissexual, a médica, que foi muito julgada e até “cancelada” durante o reality, fez um desabafo no seu perfil do Instagram.

“Desde que saí ano passado, com tudo o que aconteceu comigo, minha saúde mental ficou muito ruim no meu pós-BBB. Fui para lugares muito sombrios e difíceis de lidar. Quando esse ano começou, fui engatilhada demais. Quando começa uma nova edição, as pessoas falam da gente, começam a comparar e vem um monte de coisa, tanto boa como ruim“, iniciou a ex-sister nos Stories do Instagram.

Eu já pensei sobre o estar lá dentro e a quantidade de coisas que aprendi no programa e o quanto isso me fez reforçar uma das coisas que acho mais importantes, que é a humildade de entender que a gente é falho. A humildade de se abrir para outras realidades, de tomar cuidado com os julgamentos que a gente faz. Aprendi muito, vou continuar aprendendo“, refletiu a ginecologista.

Sobre sua bissexualidade, Marcela disse: “Passei uma vida em conflito com isso. Eu falei isso dentro do programa pela primeira vez. Quando vi a cena do Lucas beijando, me veio uma coisa muito forte. Esse era um pensamento muito forte para mim sobre não viver”.

“Quando saí da minha casa, lembro de ter tido essa conversa com a minha irmã, que eu não queria beijar e me envolver com mulheres na casa. Quando falei lá dentro que era bi, fiquei em pânico por três dias. Quando saí, escutei muita coisa do tipo: ‘Você é bi de telão’, ou ‘isso é mídia’, porque acabei me envolvendo com um homem dentro da casa. Isso foi muito doído“, revelou.

Atualmente namorando com a cantora sertaneja Luiza, McGowan pontuou: “Essa ideia de que se assumir gay, bi, que isso seria favorável, positivo e midiático, é tão ilusória. A gente vive em um país tão machista e homofóbico, que é um pensamento que talvez reduzido à sua bolha de internet, de Twitter, pode até ser que as pessoas aceitem isso. Mas quando você vai viver no ‘mundão’, te olham torto por ter sexualidade diferente do que as pessoas consideram normativo”.

 

Carol BittencourtCarol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais. Apaixonada por séries e filmes, adora passar o tempo na Netflix. Está nas redes sociais no @bittencourt.caroline.
Veja mais ›