Ex-BBB Renata Dávila desabafa sobre separação e faz acusações contra o ex-marido

Renata Dávila
Ex-BBB Renata Dávila está travando processo na Justiça contra o ex-esposo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após dois anos de casada com Humberto Pentagna Guimarães, a ex-BBB Renata Dávila, que já se separou do empresário, revolveu abrir o jogo sobre os bastidores da relação. Em entrevista ao jornal Extra, a ex-sister acusou o ex-esposo de ameaça e agressão física. Além disso, a loira revelou que Humberto não paga a pensão da filha que tiveram juntos.

publicidade

Recentemente, ele conseguiu uma decisão no processo criminal (que me defende com a Lei Maria da Penha), que autorizou a entrada dele no apartamento, mas que mantém a distancia de 100 metros de mim. Ele, usando da influência que tem no prédio, conseguiu que uma funcionária me investigasse e viu a hora que eu estava na academia. Eu já havia voltado para dentro do apartamento”, iniciou.

“No entanto, ele aproveitou a oportunidade de achar que eu ainda estava na academia, subiu com o chaveiro, com o irmão, com amigos, arrombou a porta, e entrou com a intenção de impedir o meu retorno, como a juíza disse que ele poderia entrar se eu não estivesse, ele iria proibir o meu retorno. Ao entrar no apartamento, ele ofendeu a minha mãe que tem mais de 60 anos, inclusive pegou no braço dela com força querendo tomar a chave do corredor, isso tudo com a minha presença e a de nossa filha em casa”, relatou Dávila.

publicidade

Veja Também

Separada há 8 meses, a ex-participante do Big Brother ainda contou que em outubro do ano passado, quando estava na Europa com as amigas, foi avisada pelo então esposo que ele queria o divórcio e também tirá-la do apartamento onde moravam, em Nova Lima, Minas Gerais.

“Aproveitando a minha ausência de casa, ele entrou com uma ação judicial contra mim, um pedido de divórcio e uma liminar para eu me retirar de casa, ou seja, quando eu voltasse da viagem, já não poderia entrar no apartamento. O motivo que ele alegou, é um motivo que ele nunca provou. Que havia traição da minha parte. O fato é que ele sempre foi muito ciumento, e foi se tornando cada vez mais possessivo, e por ser um empresário viajava muito”, explicou Renata.

“Na verdade, do que ele me acusava era o que fazia comigo, sempre me traiu e começou a me acusar de fazer o mesmo. Como o apartamento em que eu moro, e morava com minha filha e com ele, é dele, pois casamos em regime de separação de bens, ele achou então que o juiz iria acatar seu pedido. Ele pouco se importou para onde eu iria com a nossa filha, ele simplesmente queria me tirar de casa”, pontuou.

De acordo com a publicação, o processo que o ex-casal está travando na Justiça, traz áudios que Renata anexou em que o empresário aparece humilhando ela e afirmando: “Nós vamos pra porrada. Não, porque você escolheu ir para a porrada. Eu conheço 12 juízes e desembargadores. Eu conheço essa cidade inteira! Eu mando nessa merda dessa cidade! A minha família manda. E os FDP falaram assim: ‘Essa mulher é uma escrota, uma mau caráter’. Então sabe o que vai ser agora? Você comprou briga comigo e vai pagar por isso. Eu quero ir pra porrada, eu quero ir até a morte com você. Eu vou lutar até a última gota de sangue (…) Você vai achar um otário para pagar suas contas”.

publicidade

Passando por um momento de muita dificuldade, Dávila desabafou: “O processo está muito difícil para mim, pois ele está usando a influência dele para poder me prejudicar, para não pagar a pensão alimentícia que está em vigor. A única coisa que quero são os direitos da minha filha para que eu possa ter um local para morar com ela e condições de manter a casa e suprimentos para ela. Por sorte, tenho amigos e amigas, família, que estão se sensibilizando com minha causa e me ajudando, caso contrário não teria como me virar com minha filha”.

“Estou me endividando para não passar necessidades, e ele sabe muito bem que eu não trabalho, parei a minha vida para me dedicar à maternidade e à nossa família, acordo feito por nós assim que casamos, e hoje em dia até voltei a estudar. Mesmo assim, ele está prejudicando a nossa filha em razão de mágoas pessoais comigo, por termos um relacionamento que, infelizmente, não deu certo. E continua fazendo de tudo para me humilhar, envergonhar, ameaçar… Me sinto desamparada e desprotegida, mesmo possuindo uma medida protetiva contra ele”, disse.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Estou tomando todas as providências que estão ao meu alcance e dos meus advogados, agora, contra o poder econômico, nesse país, realmente é difícil. Ele agora simplesmente ofereceu um apartamento por dois meses para eu sair, mas ele não paga a pensão. E depois disso?”, finalizou.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.