Ex-empregada de Neymar relata na Record drama que passou ao trabalhar para jogador

Guinho Santos

Revisado por: Luiz Fábio Almeida

22/11/2023

Neymar

Ex-funcionária expôs situação que viveu na casa de Neymar (Imagem: Reprodução / Instagram)

O bafão envolvendo a denúncia de uma brasileira contra Neymar na cidade de Bougival, em Yvelines, a cerca de 20 km do centro de Paris, ganhou repercussão na mídia brasileira.

A ex-empregada do atleta o acusou de trabalhar sem documentação devida por quase dois anos na casa do ex-contratado do PSG.

Sem revelar a identidade, a jovem destacou ao Domingo Espetacular, na Record, que aceitou a oportunidade porque estava em busca de um emprego digno para se legalizar e também deixar os quatro filhos legais.

A mudança para a França aconteceu em 2018, após uma indicação de uma amiga próxima, quando fazia a função de freelancer apenas nos eventos de finais de semana.

Dois anos depois, a moça destacou que passou a servir diariamente a mansão do famoso: “Limpeza, fazer cama, fazer tudo o que for de limpeza na casa… era o que eu fazia. Serviços gerais mesmo“.

A ex-funcionária do atleta disse que sempre tinha que estar auxiliando, limpando e na cozinha e, uma vez, quando estava cuidando da academia, pediram que ela parasse para fazer a unha de Bruna Biancardi.

Quando ficou grávida do quarto filho, no oitavo mês de gestação, a moça comentou que foi mandada embora e não recebeu qualquer auxílio do jogador.

Falaram que eu não precisa vir mais, me pagaram falando: ‘Resolva sua vida pessoal’. E tive que buscar dinheiro na entrada principal”, relatou.

Brasileira quer indenização milionária de Neymar

A ex-empregada contou ainda que ficou sem apoio nenhum, teve a luz cortada por uma semana e, agora, só quer o que é dela, de direito.

O jornal francês Le Parisien publicou que a mulher vivia sem visto e sem documentação e, no processo, chegou a acusar Neymar de uma carga horária excessiva, durante sete dias por semana.

A brasileira ainda alegou que os pagamentos eram feitos em espécie, justamente para evitar que ela fosse declarada como funcionária no sistema francês. A indenização que ela pede é de quase R$ 2 milhões.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Guinho Santos
Escrito por

Guinho Santos

Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.