Ex-funcionária da Globo ressurge como investigada da PF em matéria do JN

JN
Globo exibe ex-contratada investigada pela PF no JN (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

William Bonner anunciou no JN da última sexta-feira (3) uma reportagem envolvendo uma ex-funcionária da Globo. O âncora revelou que a polícia federal está investigando o marido da atual secretária de Comunicação do Amazonas, Daniela Assayag, por participação na fraude da compra de respiradores durante a pandemia.

A auxiliar do governo de Wilson Lima (PSC-AM) foi repórter da emissora em Manaus. Por anos a jornalista esteve à frente de reportagens para a Rede Amazônica, até que trocou a Globo da região pela TV A Crítica, um dos principais canais do estado.

Segundo a matéria, documentos apreendidos pela PF mostram que Luiz Carlos Avelino Júnior era sócio oculto da Sonoar, nome fantasia da Andrade e Mansur Comércio de Materiais hospitalares, que vendeu 28 respiradores para a loja de vinhos FJAP a um preço superfaturado ao governo do Amazonas.

A venda do equipamento, fundamental no tratamento da covid-19, foi feita por quase R$ 3 milhões, quantia 133% mais alta do que o valor de mercado. Em coletiva de imprensa, Daniela informou que não participou das negociações dos respiradores.

“Não faço, não fiz e nunca tive conhecimento de um negócio feito de forma ilícita dentro do governo”, declarou Assayag. Luiz Carlos disse, por meio da sua defesa, que nunca foi sócio da empresa.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.