Fátima Bernardes explica como relaxou na transição entre o jornalismo e o Encontro

Fátima Bernardes
Fátima Bernardes na despedida do Jornal Nacional e no Encontro (Imagens: Divulgação – Globo / Montagem – RD1)

Fátima Bernardes foi uma das convidadas do Altas Horas deste sábado (12) e, assim como outros convidados, foi questionada sobre sua carreira. Ela contou como se deu a transição dos 24 anos de jornalismo rígido, como no Jornal Nacional, para o setor de entretenimento, à frente do Encontro.

A apresentadora confessou que passou por uma certa dificuldade no início de seu programa: “Foi uma adaptação! O programa vai fazer 9 anos agora no dia 25 de junho, então era muito natural que no início, por causa da experiência no jornalismo, eu viesse muito com esse peso”.

Continuando esse depoimento, Fátima revelou um ponto crucial para ela se soltar à frente do programa diário na Globo e lembrou de um desejo que já era seu desde antes da estreia:

Fui relaxando com a chegada da música no Encontro, que era algo que eu queria desde o início. Acho que a manhã combina muito bem com música em casa. De manhã em casa, eu gosto de ouvir música. Quando a música chega e eu começo a dar minhas sacodidinhas lá, juntando a dança que é algo muito orgânico e natural. Daí fui fazendo essa migração de uma forma mais natural”.

Túlio Gadêlha, que estava a acompanhando por causa do Dia dos Namorados, falou sobre a própria namorada como pessoa e o que pensava quando a via nos telejornais da emissora: “Tinha a impressão de uma mulher forte, certa do que quer, que passa segurança. Hoje, além de tudo isso, vejo uma mulher sensível, carinhosa e que poucos tem esse privilégio de conhecer essa Fátima na vida pessoal”.

O deputado federal ainda contou como eles se conheceram: “Num sarau na casa de uma amiga nossa. A gente declamou poesia ali, a gente dançou. Acho que eu fiquei balançado e ela nem deu bola. Meses depois nos reencontramos em São Paulo”. Fátima Bernardes confirmou a história e ainda acrescentou: “Só em novembro a gente foi se encontrar para ver o que era e estamos aí”.

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›