Fátima Bernardes revela o que o filho precisou fazer para ser vacinado na França

Fátima Bernardes fala sobre vacina do filho (Imagem: Reprodução / Instagram)

Fátima Bernardes está sempre falando sobre as vacinas da Covid-19 em seu programa na Globo, o Encontro, e desta vez, ela fez uma revelação sobre o seu filho, Vinicius Bonemer.

O rapaz está morando na França e, lá, ele já foi imunizado, e a apresentadora contou, durante a edição desta sexta-feira (18), que o jovem foi vacinado com a xepa francesa.

Segundo ela, ele precisou insistir para poder tomar a dose:

“Você sabe que meu filho vacinou na xepa. Ele ficava ligando no posto de saúde de lá na França, e eles avisavam qual tinha vacina disponível para ele poder se vacinar”.

Na sequência, Fátima aconselhou os jovens de São Paulo a buscarem a lista de espera para serem vacinados com antecedência. Na cidade, já é possível fazer o cadastro de todas as idades.

Há alguns dias, Fátima Bernardes foi surpreendida por uma pessoa que participou do programa e revelou que sua avó só decidiu tomar quando viu o seu exemplo.

Na ocasião, a jovem estava na plateia virtual e explicou que a avó não queria tomar a segunda dose do imunizante da AstraZeneca, com medo das reações, diante de tantas fake news, mas Fátima a inspirou a tomar:

“Ela tomou a primeira dose em março e teria que completar a imunização em junho, mas ela estava falando que não iria tomar porque ela ouviu muitas fake news, ela foi bombardeada de fake news. Quando eu vi que você se vacinou, mostrei pra ela e usei o argumento de que a Fátima tinha tomado AstraZeneca. Estou emocionada de falar isso”.

“Eu conheço o seu trabalho, nasci quando a sua carreira começou, em 1987. Te acompanhei, recebendo o seu ‘boa-noite’ no Jornal Nacional, a sua sensibilidade sempre nos emocionou”, explicou a jovem.

“Sabia que nesse momento você não ia falhar pra gente, quando eu te vi ali dando o seu exemplo na fila e esperando o seu momento de vacinar, eu sabia que você era uma brasileira como a gente que está aqui em casa, e isso convenceu a minha avó”, revelou.

E chorou ao dar o seu exemplo para os telespectadores do seu programa:

“A vacina boa é a que gente tem, é a que está perto da gente, é a que tá no nosso braço. Se você tá na dúvida, saiba que eu tomei a vacina e não tive nada que me impedisse de trabalhar, de continuar fazendo todas as coisas que eu queria. Ou na minha casa ou aqui [na Globo]”.

“A vacina é segura, qualquer vacina que a gente está colocando no nosso braço pra combater o coronavírus é segura. Não deixe de se vacinar!”, completou.

Confira:

Lucas MedeirosLucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e escreve sobre o dia a dia da TV.
Veja mais ›