A Dona do Pedaço
Reynaldo Gianecchini e Juliana Paes, como Régis e Maria da Paz, em “A Dona do Pedaço”; novela mantém boa audiência (Imagem: Artur Meninea / GShow)

As baixas temperaturas registradas na Grande São Paulo no feriado prolongado – segunda-feira (8) e terça-feira (9), Dia da Revolução Constitucionalista – ajudaram as novelas da Globo na audiência.

Todas as tramas da emissora, de “Por Amor” (1997) em “Vale a Pena Ver de Novo” até “A Dona do Pedaço”, mantiveram a tendência de alta observada desde o início da frente fria em todo o Estado, na semana passada.

A reprise de “Por Amor” alcançou 18,3 na segunda e 18,8 na terça – a 4ª e a 6ª melhor média do folhetim de Manoel Carlos, estrelado por Regina e Gabriela Duarte, desde a estreia em 29 de abril.

“Malhação – Toda Forma de Amar” segue na casa dos 20 pontos desde quinta-feira (4), quando atingiu 20,5. Depois do recorde de 20,7 de sexta-feira (5), a narrativa de Emanuel Jacobina bateou 20,1 na segunda e 20 na terça.

O bom desempenho das novelas vespertinas auxiliou “Órfãos da Terra”, que conquistou 24,1 na terça, segundo maior número da trama de Duca Rachid e Thelma Guedes até aqui – abaixo apenas dos 25,3 de 8 de abril. Na segunda, o folhetim consolidou 23,7.

Após o recorde de 31,5 na quinta, “Verão 90” emplacou sua segunda melhor média na segunda e na terça: 31,2 pontos. Em cena, a vingança de Jerônimo (Jesuíta Barbosa) contra os Ferreira Lima.

Por fim, “A Dona do Pedaço”, que marcou bons números – 34,7 e 33,9 pontos, respectivamente – com o casamento de Maria da Paz (Juliana Paes) e Régis (Reynaldo Gianecchini).

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!