Fernanda Vasconcellos abre o coração e fala pela primeira vez sobre gravidez

Fernanda Vasconcellos
Fernanda Vasconcellos está esperando um menino (Imagem: Reprodução / Instagram)

Grávida de 8 meses, Fernanda Vasconcellos, que já interpretou mães em produções audiovisuais, agora vive a experiência na vida real. Em conversa com a coluna de Patrícia Kogut, a atriz contou:

publicidade

Foi uma surpresa grande, uma emoção forte. Nunca imaginei que fosse ser assim. Mesmo se a gente estiver na expectativa, não deixa de ser. Quando vê que realmente está grávida, é emocionante e muito diferente da ficção. Me preparei para viver emoções na ficção, mas a da vida real é muito íntima, espontânea. É genuína e profunda”.

Casada há nove anos com Cássio Reis, a famosa explicou como decidiu como o casal resolveu aumentar a família: “Eu tinha um convite de uma novela, mas repensei justamente porque tinha acabado de sair de uma pandemia, eu queria ser mãe, mas não foi milimetricamente organizado. Só que pensei: “Vamos ver neste ano o que acontece”. Não tinha certeza se ia acontecer, se eu ia ficar grávida, mas era um desejo”.

publicidade

Veja Também

“Planejar mesmo a gente só consegue fazer com os roteiros. Na vida, a gente se prepara para o inesperado. Senão, fica tudo muito mecânico, sem fluidez. Não sei como se planeja: ‘Ah… Vou engravidar neste mês’“, pontuou Fernanda Vasconcellos, que declarou:

“Foi um movimento natural. Não sou muito de certezas. Tem coisa que a gente tem que abrir mão e deixar para o acaso porque senão vira algo forçado. A vida precisa de movimento, não dá para controlar tudo. É sempre um fluxo. Tem, sim, escolhas. Tem certezas e surpresas. Tem de tudo”.

Fernanda Vasconcellos fala sobre mudanças

Vivendo uma fase cheia de transformações, a atriz contou ainda como tem sido as novas sensações no corpo: “A mulher que está grávida tem o fluxo de sangue maior no corpo, no cérebro… Então, a gente fica mais lenta. Acho que deve ser um sinal da natureza para focar no neném. Ela nos prepara e a gente vai aceitando. A pressão é mais baixa…”.

“Tudo vai mudando e a gente percebe, reconhece e se adapta. Me sinto com o raciocínio mais lento, também estou mais sensível, que é diferente de frágil. A gente se sente fortaleza ali gestando, mas vem uma sensibilidade para perceber esse bebê quando ele chegar. Tudo vai mudando. E os sentimentos acompanham”, destacou.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.