Fiel a Bolsonaro, Jovem Pan ignora carta de empresários em defesa da democracia

Jovem Pan
Jovem Pan não exibe momento anti-Bolsonaro na TV (Imagem: Reprodução / Instagram)

A Jovem Pan, fiel ao presidente Jair Bolsonaro (PL), foi na contramão dos canais de notícias do país e esnobou o momento mais importante da última terça-feira (2) no Senado: a entrega da carta de empresários em defesa da democracia ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco.

publicidade

No momento da entrega da carta, todos os canais interromperam seus telejornais para o evento histórico. Todos, menos a Jovem Pan. A carta foi assinada por 58 instituições, dentre elas movimentos sindicais, economistas, bancários, juristas e advogados.

Às 15h30, no momento do recebimento da carta, a GloboNews parou a sua programação, assim como a CNN Brasil, Record News e BandNews. Os canais ficaram 15 minutos com o sinal direto do Senado. A Jovem Pan, por outro lado, não parou o Prós e Contras.

publicidade

Veja Também

“Tais agressões, bravatas e afirmações desprovidas de respaldo técnico, científico e moral servem a um único propósito: o de gerar instabilidade institucional, disseminando a desconfiança da população brasileira e do mundo acerca da correção e regularidade das eleições brasileiras”, defende um trecho da carta.

Episódio na Jovem Pan amplia lista de momentos em favor de Jair Bolsonaro

Foi mais um momento polêmico na história do canal de notícias mais novo da TV por assinatura. Por outro lado, no dia 12 de maio, a emissora surpreendeu com uma carta em defesa da democracia lida no ar por um dos seus jornalistas.

Na época, a atitude foi vista como uma espécie de rompimento do canal com o governo federal, o que não aconteceu. De lá para cá, as opiniões pró-governo, bem como os ataques aos rivais políticos de Bolsonaro, não apenas continuaram como ganharam força.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Outro ponto envolve as pesquisas eleitorais. Mesmo com a divulgação dos números, os comentaristas apostam em descredibilizá-los. O ex-presidente Lula (PT) lidera as pesquisas, com vantagem superior a 10 pontos do presidente Bolsonaro.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.