Filiado ao PSL, Datena recebe convite de outro partido para disputar eleições de 2022

Datena
Datena é chamado para ser candidato a vice de Ciro Gomes (Imagem: Reprodução / Band)

José Luiz Datena está filiado no PSL, mas ainda vem sendo sondado por outros partidos para entrar na disputa das eleições de 2022. O apresentador da Band foi convidado para se filiar ao PDT.

A legenda oferece ao titular do Brasil Urgente a possibilidade de ser candidato a vice na chapa de Ciro Gomes na corrida eleitoral para a Presidência da República. Além disso, o partido também estuda lançá-lo como candidato ao Governo ou ao Senado por São Paulo.

A informação foi confirmada pelo presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, ao jornal Folha de São Paulo. “Vamos avaliar em pesquisa as três opções: vice-presidente, governador ou senador por São Paulo”, disse Lupi. A conversa entre o PDT e Datena ocorreu na segunda-feira (13).

O apresentador da Band se filiou ao PSL em julho. A sigla, no entanto, está prestes a concluir fusão com DEM, que pretende colocar o nome do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) como pré-candidato.

“Eu acho que todo mundo está conversando com todo mundo. Eu sou novo nesse negócio de política, e nas outras vezes que tentei entrar na política comecei a entender o método das pessoas”, declarou o comunicador.

Ele ainda afirmou ao jornal: “Duvido que o PSL não esteja conversando com outros candidatos e também não sei o que vai resultar dessa fusão do DEM. Então, estou ouvindo as pessoas, e o Ciro é um cara de quem gosto muito”.

Cabe lembrar que a possibilidade do famoso sair como vice de Ciro chegou a ser ventilada no mês passado, mas ele tratou de refutar a ideia.

“Na semana passada, a revista Veja publicou que Bolsonaro me queria como vide dele, e hoje, o diário O Povo, do Ceará, disse que o Ciro [Gomes] me quer como vice dele. Eu queria avisar que sou candidato à Presidência da República pelo PSL, esse é o detalhe”, esclareceu ele, na época, no Brasil Urgente.

Datena elogiou o possível interesse de Ciro Gomes, mas cutucou Bolsonaro e seus ataques contra a urna eletrônica. “Fico muito lisonjeado pelo Ciro. Quanto a ser vice do Bolsonaro, é difícil encontrar alguma identificação direta, ele fica toda hora dizendo que não vai ter eleição. Como pode ser vice de alguém que diz que não vai ter eleição?”, questionou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›