Vídeo Show
Última edição do “Vídeo Show” vai ao ar nesta sexta (11); internautas regiram à mudança (Imagem: Divulgação / Globo)

A decisão da Globo em acabar com o “Vídeo Show”, após 35 anos, pode até ter sido aguardada, mas ainda assim, pegou muitos de surpresa por conta da rapidez. O anúncio, feito nesta terça-feira (8), com última edição programada para sexta-feira (11), sacudiu a web.

Nas redes sociais, muitos foram os que posicionaram contra e a favor do fim do vespertino, que nasceu com o objetivo de dar destaque aos bastidores das atrações e das novelas, protagonismo que foi perdido ao longo do tempo com o avanço da internet.

No Twitter, não sobraram usuários que enxergaram a atração como datada. “Eu já tinha bode do Vídeo Show na fase André Marques e Angélica quando ainda dava audiência e tinha quadros interessantes. Não vai fazer falta”, disparou um seguidor.

“Tirar a Mônica Iozzi depois da polêmica no Vídeo Show foi o maior erro da Globo. Depois disso o show só ficou piorando e perdendo audiência até o que aconteceu hoje”, refletiu outro internauta. “O Vídeo Show é igual aquela pessoa chata que está fazendo hora extra na Terra”, observou mais um.

Apesar dos comentários favoráveis ao término do programa, houve quem defendesse, com saudosismo, sua permanência nas tardes da Globo. “Saudades Vídeo Show! Eu gostava muito do Vídeo Show entre os anos de 2002 e 2019. Sentirei falta!”, disse uma internauta.

“Poxa que chato, comecei a assistir Vídeo Show adolescente”, recordou outra seguidora. “Triste, porém sábia a decisão de acabar com o Vídeo Show. Não tava se adaptando”, observou um terceiro internauta. “O tempo é implacável, porém muito justo; ele sabe os limites e limitações de cada um. Chegou a hora”, concluiu outro.

BOMBA! Globo surpreende e decreta fim do “Vídeo Show” após 35 anos

No próximo dia 11, sexta-feira, chega ao fim a trajetória do “Vídeo Show”. Com mais de 35 anos de história, o vespertino da Globo – dedicado à cobertura dos bastidores da emissora e da rotina de famosos –, deixa a grade em meio à crise de audiência sem precedentes.

A partir de segunda-feira, 14, a “Sessão da Tarde” irá ocupar a faixa pós-“Jornal Hoje”. Na sequência, os capítulos finais de “Belíssima” (2005) e as primeiras emoções de “Cordel Encantado” (2011), em “Vale a Pena Ver de Novo”.

A grade sofrerá nova alteração no dia 21 quando, entre a “Sessão da Tarde” e o “Vale a Pena Ver de Novo”, a Globo exibirá uma nova edição do “Álbum da Grande Família” – reunindo os melhores episódios da série veiculada às quintas-feiras, entre 2001 e 2014, hoje em reprise no Canal Viva. A aposta em reprises deflagra a inexistência de um “plano B” para a Globo, com relação à substituição do “Vídeo Show”, ventilada há tempos.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!