Flor do Caribe, Haja Coração e A Força do Querer desabam na média semanal

Flor do Caribe
Grazi Massafera (Ester) em Flor do Caribe; novelas da Globo anotam recorde negativo na média semanal (Imagem: Reprodução / Globo)

As altas temperaturas na Grande São Paulo e a proximidade das festas de fim de ano – apesar da pandemia de coronavírus – impactaram na média semanal das novelas da Globo. Flor do Caribe (2013), Haja Coração (2016) e A Força do Querer (2017) amargaram recorde negativo de audiência com os capítulos exibidos entre 14 e 19 de dezembro.

Flor do Caribe atingiu 19,1 pontos. Em cena, as descobertas de Ester (Grazi Massafera) sobre os horrores cometidos por Dionísio (Sérgio Mamberti) durante a Segunda Guerra Mundial. A heroína foi mantida numa espécie de calabouço por Alberto (Igor Rickli), numa tentativa do vilão de separá-la, mais uma vez, de Cassiano (Henri Castelli).

Haja Coração anotou 23 de média. O foco esteve na desavença de Apolo (Malvino Salvador) e Tancinha (Mariana Ximenes). Beto aproveitou do atrito do casal e levou a feirante para conhecer Claudia Raia, aproximando-se ainda mais dela. Ainda, a descoberta de Shirley (Sabrina Petraglia) sobre as apostas de Adônis (José Loreto) em corridas de cavalos.

A Força do Querer amealhou 28,1 pontos. A narrativa compreendeu a separação de Joyce (Maria Fernanda Cândido) e Eugênio (Dan Stulbach), após a descoberta dela sobre o romance dele com Irene (Débora Falabella). Também a tentativa de assassinato que Caio (Rodrigo Lombardi) enfrentou ao subir o morro, sendo defendido por Jeiza (Paolla Oliveira).

Laços de Família (2000), por sua vez, subiu de 17,2 para 17,4 de média, entre 14 e 18 de dezembro. Malhação – Viva a Diferença (2017) foi de 17,8 para 17,4. O folhetim de Manoel Carlos destacou a presença de Ingrid (Lilia Cabral) no Rio de Janeiro, culminando com ela e Íris (Deborah Secco) reféns de um assaltante. O texto assinado por Cao Hamburger focalizou a mudança de colégio de Lica (Manoela Aliperti), do Colégio Grupo para a Escola Cora Coralina.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›