Fora da Globo, Aguinaldo Silva faz de Fina Estampa um sucesso pela segunda vez

Aguinaldo Silva
Aguinaldo Silva vibrou com o sucesso de Fina Estampa pela segunda vez (Imagem: Divulgação / Globo)

Aguinaldo Silva teve seu contrato encerrado com a Globo após décadas escrevendo novelas para o canal. Mesmo fora da emissora, Fina Estampa, escrita pelo autor, turbinou a audiência do plim plim em mais uma ironia do destino.

No ar para suprir a pausa nas gravações de Amor de Mãe por conta da pandemia de Covid-19, Fina Estampa não deixou a peteca cair e respondeu à altura as expectativas da Globo. A trama, exibida originalmente em 2011, superou o folhetim de Manuela Dias (30,5 pontos até o capítulo 102) e alcançou até a última quarta-feira (16) expressivos 33,6 pontos na Grande São Paulo.

Aos críticos do enredo de Griselda e Tereza Cristina, um aviso: é provável que esse número aumente, uma vez ser comum que os capítulos finais despertem mais atenção do público.

Em suas redes sociais, Aguinaldo, sempre provocativo, se mostrou satisfeito com os resultados da reprise ao longo desses 155 capítulos. O dramaturgo não perdeu a chance de bater na tecla de que a história do mordomo Crô obteve desempenho melhor do que novelas mais recentes.

Outro destaque de Fina Estampa é a presença de José Mayer, que deixou a emissora em 2018 após acusações de assédio sexual. Embora fora do canal, sua imagem segue muito ligada à Globo – está também na reprise de Laços de Família, no Vale  Pena Ver de Novo, e em Mulheres Apaixonadas, no Canal Viva.

Alvo de muitas críticas antes e agora, Fina Estampa seguiu um modelo clássico: vilã e mocinha que se enfrentam ao longo de vários capítulos como gato e rato. Com uma narrativa mais leve e sem muitas expectativas, nem apelo emocional como Amor de Mãe, a produção despede-se do vídeo pela segunda vez marcando o horário nobre da TV brasileira.

Fora da Globo

Aguinaldo Silva, aliás, não esconde o desejo para retornar à TV o quanto antes. Em uma recente entrevista, o autor falou sobre a sua saída da emissora da família Marinho, a reprise inesperada de Fina Estampa no horário nobre e o foco total na criação de uma série.

Em entrevista ao jornalista Maurício Stycer, do UOL, o ex-global comemorou a volta da trama protagonizada por Lilia Cabral e Christiane Torloni“Eu fiquei muito feliz, não vou dizer que não. Era um momento de urgência, do ponto de vista da empresa. Precisava ser resolvido da melhor maneira possível, levando em conta as limitações, inclusive de tempo, já que as gravações da novela que estava no ar tinham sido interrompidas”, ressaltou.

CONTINUE LENDO →

Reuber Diirr é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Com passagens pela Record News ES e TV Gazeta (Globo/ES), é apaixonado por televisão e acompanha as coletivas de imprensa com matérias exclusivas em vídeos com os artistas para o RD1. Além disso, produz conteúdo multimídia com as principais informações dos famosos para o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube do RD1. Acompanhe os eventos com famosos clique aqui!

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com