Funcionário de empresa morre aos 67 anos dentro da Globo

Globo
Globo se manifesta após homem morrer dentro de sua sede (Imagem: Reprodução / Globo)

Um homem, funcionário de uma empresa terceirizada, morreu dentro dos estúdios da Globo, no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (13). João Bernardo Cordeiro de Souza era colaborador da Saimel, contratada pela casa para obras na emissora.

Segundo o portal Metrópoles, João Bernardo sofreu um mal súbito e foi socorrido imediatamente pelos profissionais de saúde da empresa de comunicação, mas ele não resistiu.

Em nota, a emissora da família Marinho lamentou a tragédia. “A Globo lamenta profundamente, presta solidariedade e acompanha toda a assistência dada à família de João Bernardo pela empresa da qual era funcionário”, comunicou.

Veja Também

Luto na Globo

Em novembro, a Globo entrou em luto por conta da morte de Cristiana Lôbo. Aos 63 anos, ela foi vítima de complicações em decorrência de um meiloma múltiplo, doença do qual ela se tratava há alguns anos.

Sua saúde ficou agravada depois de uma pneumonia. Cristiana estava internada no Hospital Albert Einstein, em SP.

“Cristiana Lôbo simplesmente criou a cobertura política ao vivo, em cima dos fatos, com bastidores e informações exclusivas. Um divisor de águas. Formou uma geração de jornalistas. Quanta tristeza. Perdi uma amiga generosa. Fica uma saudade infinita”, declarou Gerson Camarotti.

“Perdemos há pouco nossa amiga Cristiana Lôbo. Profissional maravilhosa, amiga generosa, sempre pronta p ensinar, ajudar e participar. Uma lenda d jornalismo político. Meu carinho, amor e sentimento d pesar p família da Cris. Descanse, amiga. Deus te recebe c todo Seu amor”, desabafou César Tralli.

A CNN Brasil repercutiu a morte da jornalista. Elisa Veeck, âncora do CNN Novo Dia, discursou ao vivo: “Todos nós sabemos que a vida não é infinita, né. Que ela é finita e que a gente um dia, enfim, nossa história tem um ponto final por qualquer que seja o motivo”.

“A Cristiana Lôbo, um monstro do jornalismo, uma baita profissional, ela estava afastada há cerca de um ano. O Grupo Globo, por onde ela atuou por 30 anos, confirmou a morte da nossa colega de profissão”, acrescentou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›