Gênesis bate recorde negativo com incesto articulado por Lúcifer

Gênesis
Igor Rickli (Lúcifer) em Gênesis; novela da Record perde audiência com sequências envolvendo incesto (Imagem: Reprodução / Record)

O capítulo de Gênesis exibido nesta quarta-feira (3) atestou a tendência de queda da nova novela bíblica da Record. A trama bateu recorde negativo de audiência com os desdobramentos da fase centrada na construção da Torre de Babel. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

No ar das 21h às 21h48, Gênesis consolidou 14 pontos, 17 de pico e 19,7% de participação no número de televisores ligados (share). A Globo emplacou mais que o dobro da segunda colocada: 28,4 de média. Já o SBT ficou com menos da metade, 6,1. Ainda, 1,4 da Cultura e 0,6 para a Band.

Gênesis destacou a relação incestuosa de Semíramis (Francisca Queiroz) e Ninrode (Pablo Morais), mãe e filho. Atentada por Lúcifer (Igor Rickli), Semíramis induziu Harete (Eline Porto) a dopar Ninrode, para depois assumir o lugar dela ao lado dele no leite. O “coisa ruim” assistiu toda cena.

Logo depois, entre 21h48 e 22h40, 8 pontos, 17,2 de pico e 11,8% de share para Topíssima (2019). Embora tenha batido recorde negativo, a reprise fechou atrás do SBT, com 8,5. A Noite é Nossa, de Geraldo Luís, garantiu 6,1 pontos, 7,6 de pico e 11,3% de share, das 22h40 às 0h29, contra 5,1 do principal concorrente.

Ao longo do dia, a Record oscilou entre a segunda e a terceira colocação no ranking das emissoras de TV aberta. O Balanço Geral SP com Reinaldo Gottino (7,2), a última meia hora do bloco nacional do Cidade Alerta (7,2), a edição local do noticiário de Luiz Bacci (7,7) e o Jornal da Record com Christina Lemos e Luiz Fara Monteiro (9,2) fecharam na vice-liderança.

O Balanço Geral Manhã marcou 2,2 quando exibido para todo o Brasil e 3,5 durante a versão apenas para São Paulo. O Fala Brasil registrou 3,1 de média. O Hoje em Dia, por sua vez, rendeu 3,6. Os três jornalísticos ficaram atrás da Globo e do SBT, assim como a reapresentação de Escrava Mãe (2016), que atingiu 4,4. O mesmo para os 37 minutos iniciais do Cidade Alerta (4,5).

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›