Gilberto vira estrela de aplicativo de paquera por causa das “cachorradas”

BBB 2021
Gilberto vira alvo de pesquisa de aplicativo de paquera por sucesso no BBB 2021 (Imagem: Reprodução / Globo)

Gilberto Nogueira, ex-participante do BBB 2021, ficou famoso por sua atuação sincera e por vezes descontrolada na casa mais vigiada do país. Em outros momentos, a “cachorrada” tomou conta do ex-brother e foram essas atitudes que colocaram o economista como estrela do Tinder, aplicativo de paquera.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

De acordo com um levantamento divulgado nesta sexta-feira (7), Gil do Vigor colocou as suas frases na boca do povo, no caso, no teclado virtual dos celulares dentro do aplicativo de relacionamento. Termos como “vigorado”, “cachorrada”, “basculho” e “tchaki tchaki” cresceram e muito no app: 15 vezes de janeiro até abril.

O app mostrou que os fãs de Juliette Freire, a campeã do BBB 2021, fizeram do lugar um espaço para torcerem em grupo para a paraibana, que levou o prêmio de R$ 1,5 milhão com 90,15% dos votos. Ela, aliás, a menção ao nome Juliette cresceu 600% na plataforma.

“Aulas, cria”, de Arthur Picoli, e “Bastião”, de Caio Afiune e Rodolffo Matthaus, ficaram populares, com crescimento de 100% e 50%, respectivamente. “Jornada, “itinerário”, “fenotipicamente”, “branquitude” e “deslegitimação da shippada”, todos em referência à Lumena Aleluia, foram mencionadas pelo público do app.

“Estou emocionado com o que vi. Não tenho palavras, só alegria. Todo mundo me aceitando, me acolhendo, foi muito bom”, desabafou Gilberto em entrevista ao Mais Você, da Globo. “Minha mãe sempre foi minha parceria. Eu sempre tinha um receio [lá dentro do jogo]: ‘será que ela está orgulhosa de mim?’ Era minha maior preocupação”, confessou.

“Minha mãe virou fenômeno na internet. Estou muito feliz. Meu maior prêmio. Não tem R$ 1,5 milhão que pague minha mãe olhar pra mim e dizer que estava orgulhosa, que fui muito amado. Pra mim, já estou com mais de R$ 1,5 milhão. Mas também quero ganhar R$ 1 milhão, então vamos trabalhar”, brincou.

“Não imaginei que essa rejeição aconteceria. Se eu passar 50 anos assistindo BBB, vigorando ali, estudando, e for pra próxima edição, ainda assim, tudo o que a gente sabe não vai ser capaz de nos privar de erros. É um negócio de doido”, comentou ele sobre as rejeições de Karol Conká, Nego Di e Viih Tube.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›