Giselle Itié emociona ao falar de ativismo e violência sexual

Giselle Itié
Giselle Itié desabafa sobre abuso sexual (Imagem: Reprodução / Instagram)

Giselle Itié precisou voltar ao passado para reforçar o seu ativismo acerca da violência sexual. Em uma live recente com a promotora de Justiça Silvia Chakian, a atriz relembrou o estupro que sofreu aos 17 anos do próprio namorado, que era 15 anos mais velho.

O trauma atravessa as vítimas de uma forma que é uma corrente. Se você não cuida, não é assistida, se você não trabalha, realmente você leva como corrente. Você vai, atravessa toda uma vida com os traumas ali, pesando” disse a artista.

No momento em que a promotora comentou que as vítimas enfrentam os traumas de maneiras diferentes, Giselle comentou que, pessoalmente, optou por informar outras mulheres e produzir conteúdo sobre violência contra mulheres.

É o meu caso também (…) E tem tantas páginas nas redes sociais para se buscar apoio. Eu acredito que é muito potente. A gente vai diminuindo esse monstro que é a cultura do estupro. Basta. Não dá mais para nossos corpos serem sempre objetificados. É sempre isso”, destacou.

Giselle Itié pontuou ainda que é fundamental cada vez mais esse assunto ser abordado na sociedade: ”É muito difícil a gente atravessar esse caminho sozinha. É muito importante realmente a gente falar sobre e, além de a gente se ajudar, está ajudando a próxima”.

Confira:

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›