Globo encerra “primeira bateria” de gravações de “Espelho da Vida” em MG

O diretor artístico Pedro Vasconcelos e o assistente de direção Cande Faria com os atores João Vicente de Castro e Vitória Strada (João Miguel Júnior / Globo)

Na definição da autora Elizabeth Jhin, a cidade de Rosa Branca – que abrigará sua nova novela, “Espelho da Vida” – consiste em uma praça com um chafariz no meio e casarões históricos em volta. Coube ao diretor artístico Pedro Vasconcelos encontrar este local. “Gravamos nas cidades de Mariana, Tiradentes, Ouro Preto e Carrancas e fiquei muito feliz com as locações, tanto que optei por não ter uma cidade cenográfica nos Estúdios Globo”, afirma Pedro, que voltará a Minas Gerais, estado que abriga tais cidades, durante toda a trama.

As gravações, que tiveram início em 19 de junho, contaram com uma equipe de cerca de 100 profissionais e mais de 20 atores. A Praça Gomes Freire, mais conhecida como Jardim, foi a principal locação usada em Mariana. É lá que estão os casarões que representarão na trama a residência de Vicente (Reginaldo Faria) e Margot (Irene Ravache), a livraria Cavaco e a Pensão Rosa Branca.

A cidade, com cerca de 60 mil habitantes, foi a primeira capital de Minas Gerais. As ruas de seixos rolados, características importantes do lugar, estarão presentes na obra e se tornarão constantes no dia a dia do elenco que circulou por ali durante vários dias, aproveitando para conviver também com o sotaque mineiro. Dentre os astros e estrelas, Vitória Strada, João Vicente de Castro, Alinne Moraes, Ana Lúcia Torre, Ângelo Antônio, Felipe Camargo, Irene Ravache, Julia Lemmertz, Luciana Paes e Robson Nunes.

Outras cidades históricas de Minas Gerais também fizeram parte do roteiro de gravações. “Carrancas representa os arredores de Rosa Branca, as serras e cachoeiras. As ruas de Tiradentes completam o centro histórico da nossa cidade fictícia e Ouro Preto será o que podemos chamar de “centro nervoso” de Rosa Branca”, explica Pedro Vasconcelos.

João Vicente de Castro, que interpreta o protagonista Alain Dutra, resume o que viveu nesses dias: “Gravar em Minas foi uma experiência sensacional. Pude ver como o estado é plural e cheio de riquezas. Carrancas é um dos lugares mais bonitos que já vi na minha vida. Tiradentes é uma cidade muito charmosa. E em Mariana percebi como seus moradores são positivos e agregadores”. Robson Nunes, o Bola na trama, também elogia a experiência: “O mineiro é muito acolhedor. E não podemos esquecer que Minas tem uma gastronomia incrível”.

É uma imersão gravar nas cidades mineiras, que são lindas”, conta Alinne Moraes, que interpreta a vilã Isabel. Vitória Strada, a protagonista Cris, concorda com a colega: “As cidades mineiras são encantadoras, assim como seus moradores. Viajar para gravar nos ajuda com a verdade das cenas”. O resultado de todo trabalho da equipe de “Espelho da Vida” poderá ser visto em setembro, às 18h.

Saiba Mais:

Patricya Travassos grava primeiras cenas de “Espelho da Vida”

Bruno Cabrerizo é escalado para especial de Natal na Globo

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox