Globo rebate Bolsonaro novamente e devolve ataque

Globo
Globo rebateu Bolsonaro novamente e devolveu ataque (Imagens: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A Globo decidiu rebater um novo ataque feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista exibida no Bom Dia Brasil, nesta quarta-feira (30), o político afirmou que é perseguido pela emissora e que ela parou de “faturar bilhões de propagandas do governo”.

“A Globo reitera que teve acesso ao livro da portaria e, como deixa claro a reportagem, informou-se com múltiplas fontes sobre o conteúdo do depoimento do porteiro. Não mentiu”, iniciou o comunicado lido por Giuliana Morrone.

“Dada a relevância dos fatos, a Globo cumpriu a sua obrigação de informar o público, revelando o que disse o porteiro e todas as suas contradições, que ela própria apurou”, acrescentou o texto.

“A Globo não tem nenhum objetivo de destruir quem quer que seja, mas é independente para informar com serenidade todos os fatos, mesmo aqueles que possam irritar as autoridades. E assim pode agir, justamente porque não depende nem nunca dependeu de verbas de governos, embora a propaganda oficial seja legítima e legal”, finalizou a nota.

Em conversa com jornalistas, Jair Bolsonaro defendeu o porteiro que teria ligado, segundo reportagem do Jornal Nacional, para a casa dele e obteve autorização para a entrada de Elcio, no dia da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL).

“O porteiro ou se equivocou ou não leu o que assinou. Pode o delegado ter escrito o que bem entendeu e o porteiro humilde acabou assinando embaixo. Isso pode ter acontecido”, comentou ele.

Em seguida, o presidente disparou contra a emissora: “A Globo teve acesso a um processo que está em segredo de Justiça. Ponto final. A Globo disse que teve acesso a papeleta que diz lá o horário que as pessoas entraram no condomínio. Mentira da Globo, tiveram acesso ao processo”.

“Não é de hoje que o Sistema Globo me persegue, a minha família e aqueles que estão ao meu lado. É isso que vem acontecendo. A Globo quer destruir Jair Bolsonaro, que acabou com a mamata da TV Globo de faturar bilhões de propagandas do governo”, completou Bolsonaro.