Globo revela cota para o Futebol 2020 e valor impressiona

Globo
Globo apresentou plano comercial para o Futebol 2020 (Imagem: Reprodução / Globo)

O plano comercial e o novo valor da cota do Futebol da Globo foram revelados aos patrocinadores dos jogos e suas agências de publicidade na última terça-feira (3). Para 2020, a emissora pede a quantia de R$ 307 milhões por cota.

O valor é R$ 3 milhões a menos que neste ano, por duas razões: ao contrário deste ano, 2020 contará com menos jogos na programação. Serão 85 ao invés dos 95 de 2019, pelo fato do próximo ano ser de cobertura das Olimpíadas, que conta com um plano comercial à parte.

Os atuais patrocinadores têm prioridade na renovação do contrato. Para Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú, e Vivo, a Globo promete flexibilizar o plano comercial, como inserções ao longo da programação, como os telejornais e programas da casa. As informações são do site Meio & Mensagem.

Eduardo Schaeffer, diretor de negócios integrados da Globo, falou sobre a conversa que teve com os atuais patrocinadores: “Conversamos com nossos patrocinadores para compreender suas demandas e, juntos, descobrir a melhor forma de atendê-los. Acredito que iremos desenvolver em conjunto soluções interessantes, que possam aproveitar a qualidade de nosso produto e a importância que damos ao futebol na grade”.

Como novidade para 2020, os anunciantes poderão customizar os filmes exibidos na grade em cada região. “Os anunciantes possuem demandas regionais diferentes e agora poderão transmitir mensagens específicas de maneira local”, afirmou Schaeffer.

Para o ano que bem, o departamento digital da emissora contará com o programa “Segue o Jogo”, que entrará no ar pelo site do Globo Esporte sempre após a transmissão de cada partida. Galvão Bueno, Cléber Machado, Luis Roberto, Walter Casagrande, Caio Ribeiro, Felipe Andreoli e outros da equipe esportiva estão liberados para anúncios com os anunciantes.

O elenco do esporte não está impedido de fazer propaganda com outros patrocinadores, não necessariamente aqueles que acertaram a cota de patrocínio para o Futebol 2020. Contudo, as campanhas não podem ser tradicionais. O “Na Estrada com Galvão”, patrocinado pela Volkswagen é um dos exemplos positivos.

Ex-chefão da Globo queria William Bonner e Pedro Bial no “JN”

José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex-chefão da Globo, abriu o jogo sobre a substituição da dupla de apresentadores do “JN” Cid Moreira e Sérgio Chapelin, por William Bonner e Lillian Witte Fibe, em 1996, e surpreendeu sobre uma revelação envolvendo Pedro Bial.

“Fui inteiramente contra. Acho que estava na hora de substituir, mas tínhamos que fazer um de cada vez. Naquele momento, minha ideia era colocar o Bial e o Chapelin. Minha proposta era depois tirar o Chapelin e por o Bonner, que eu trouxe da Band”, revelou Boni, em entrevista ao UOL, sobre a preferência por Pedro Bial.

O ex-diretor creditou a queda absurda de audiência do “Jornal Nacional” naquele ano à mudança repentina: “A queda [de audiência] do JN naquela época, que estava na faixa dos 50 pontos e caiu pra 30 é porque foi contrariado um hábito. Eu insistia em manter aquilo que já estava no ar há mais de 30 anos, que era uma dupla masculina. Concordava que tinha que ser substituído, mas por etapas, não do dia pra noite. O cara liga no programa e a pessoa que ele conhece não está mais lá”.

Um dos responsáveis por colocar o principal telejornal do país no ar, Boni nunca escondeu suas críticas contra o ar mais informal que a Globo adotou no programa nos últimos anos. Para o ex-Globo, o modelo norte-americano que inspirou o “JN”, como o “Evening News”, da rede CBS, ainda deveria ser o norte da atração.

“Costumo dizer que antes nós éramos amordaçados pela censura. Na hora que liberou, todo mundo resolveu opinar, sem nenhum raciocínio, fundamento. O JN tinha que ser uma coisa extremamente neutra, sem posicionamento nenhum”, declarou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS