Globo segue com cortes e Alcides Nogueira deixa a emissora após 40 anos

Globo
Alcides Nogueira deixa a emissora após 40 anos (Imagem: Divulgação / Globo)

Mais um autor está de saída da Globo. Alcides Nogueira perdeu o seu contrato fixo com a emissora após mais de 40 anos. O novelista estava na empresa desde os anos 1980.

À coluna de Patrícia Kogut, a emissora confirmou a saída: “Alcides Nogueira é uma grande referência da dramaturgia brasileira e coleciona sucessos ao longo das últimas décadas na televisão, como o Emmy 2011 com O Astro”.

A Globo também deixou claro que o escritor, assim como vários artistas e autores nos últimos anos, “tem abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas” e que a “não renovação do contrato não significa o final de uma parceria”.

Veja Também

Na nota, a emissora ainda reforçou que vem adotando novas dinâmicas de trabalho e está em “sintonia com as transformações pelas quais passa o mercado”. “O novo modelo de gestão de talentos permite que essa parceria seja renovada em muitos outros formatos e projetos futuros”, comentou.

A última novela escrita por Alcides Nogueira foi Tempo de Amar, em 2017. Ele chegou a apresentar projetos nos últimos anos, mas a Globo não aceitou. Ele até aceitou escrever o remake de Amor Com Amor Se Paga, que também foi cancelado.

Alcides Nogueira entrou no canal no início dos anos 1980 como redator de publicidade. Após vencer o prêmio Molière por duas vezes, ele foi convidado por Paulo Ubiratan para integrar a equipe de redatores de teledramaturgia da emissora.

Outra autora também sai da Globo

Neste mês, a autora de Malhação: Vidas Brasileiras, Patrícia Moretzsohn, deixou a empresa após 27 anos como parte do casting fixo da empresa. Ela iniciou a sua jornada na casa em 1995 e de lá para cá participou ativamente de vários projetos.

A novelista engrossou a lista dos colaboradores que não renovaram com o canal carioca. Ela apresentou projetos de novela e série há alguns meses, mas a conversa com a direção não avançou da melhor maneira.

Livre no mercado, Patrícia Moretzsohn passou a conversar com produtoras e plataformas de streaming, segundo informações da jornalista Patricia Kogut, do jornal O Globo.

“É isso aí, gente! Começa um novo episódio na minha vida. Sou freela”, confirmou a escritora via Instagram. Moretzsohn esteve na equipe das temporadas de 1995, 1996, 1997 e 1998, a era Múltipla Escolha, 2007-2008 e 2009, e esteve à frente de Casa Cheia e de Vidas Brasileiras.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›