GloboNews conquista feito impressionante com cobertura de conflitos de Israel

Luiz Fábio Almeida

12/10/2023

GloboNews

Canal pago conseguiu boa audiência no final de semana (Imagem: Reprodução / GloboNews)

A GloboNews tem feito uma cobertura extensa dos conflitos no Oriente Médio. O canal fechado tem conquistado uma audiência impressionante com os trabalhos em torno do assunto.

Segundo informações do jornal O Globo, no final de semana, quando foram iniciados os ataques do grupo Hamas contra Israel, o veículo ficou na liderança entre os canais de notícias da TV paga no PNT (nacional).

A publicação ainda apontou para um dado importante: no sábado (7), a GloboNews conquistou uma audiência 266% maior do que a que teve o segundo colocado.

No dia seguinte, domingo (8), o canal do Grupo Globo superou o vice-líder de audiência entre os veículo do gênero em 166%.

Durante todo o final de semana, a GloboNews se manteve com o sinal aberto para não assinantes no Globoplay. Desde a manhã de sábado (7), a empresa está com uma cobertura ao vivo do ataque do Hamas contra Israel.

GloboNews entra em polêmica após atitude de âncora

No começo desta semana, o canal pago acabou em uma polêmica por causa de um comentário de Mônica Waldvogel, durante o Em Ponto.

A jornalista recebeu críticas nas redes sociais por sugerir uma suposta ligação entre o PT e o Hamas. Ela fez a colocação depois que o governo brasileiro não citou o grupo terrorista que atua na região da Palestina em comunicado.

Depois da grande quantidade de críticas, o veiculo precisou vir a público e salientou que ela não se referiu ao PT, mas a um manifesto assinado por representantes do partido em 2021.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]