Gloria Pires
Gloria Pires ajudou confeiteiro após chuva no Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Gloria Pires viu de perto os estragos das enchentes do mês de abril no Rio de Janeiro e mais ainda o resultado do temporal na vida de Matheus Sant’Anna, vencedor do “Que Seja Doce”, do GNT. O confeiteiro perdeu tudo para a água, mas a atriz resolveu ajudá-lo.

Por meio do seu perfil no Instagram, a global mandou o recado para que os seus fãs apoiem o jovem de 21 anos, que conseguiu mesmo com a pouca idade o próprio negócio: a Matheus Sant’Anna Pâtisserie.

“Este é o Matheus Sant’Anna, vencedor do mais recente ‘Que Seja Doce’. Ele tem 21 anos e, com o dinheiro que economizou em sua jovem vida, montou uma cozinha industrial para produzir seus confeitos divinos, como o bolo de brownie espetacular com o qual gentilmente me presenteou, no Dia das Mães”, revelou.

Pires explicou que a chuva destruiu a cozinha que Matheus lutou para ter. “Porém, as águas destruíram tudo no dia 8/4. Sua avó foi arrastada, mas resgatada a tempo, sobreviveu. A família perdeu tudo, Matheus perdeu sua fábrica e precisará da ajuda de todos nós. Vem conhecer o trabalho dele”, pediu a atriz.

Nos comentários, o público apoiou a iniciativa. “Com sua ajuda fazendo essa divulgação maravilhosa ele vai conseguir sim. Por mais Glórias no mundo!”, desejou uma.
“Já fiz uma pequena contribuição. Adoro ajudar gente guerreira que não desiste fácil”, explicou outra. “Que jovem empreendedor, merece nosso respeito. Com essa madrinha incrível com certeza ele vai recuperar tudo”, afirmou um terceiro.

Matheus, por meio da sua conta empresarial, percebeu o apoio dos milhões de seguidores da famosa e agradeceu: “Obrigado pelo apoio de todos, do fundo do coração! Estamos realmente precisando”.

Gloria Pires e mais atores pretendem ir à Justiça após decisão do governo

Gloria Pires se manifestou em uma entrevista após a decisão do governo de Jair Bolsonaro (PSL) em suspender a cobrança de direitos autorais no audiovisual. A atriz é presidente da Associação de Gestão Coletiva de Artistas Intérpretes do Audiovisual do Brasil (Interartis Brasil).

Para a jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, Gloria afirmou que não fugirá da raia e que sairá em busca do que é dela e de seus colegas pela lei: “Não iremos abrir mão dos nossos direitos”.

Recentemente, a associação entrou com recursos contra a suspensão e com o intuito de ir à Justiça, caso a ação não seja atendida pelas autoridades. “Cada vez mais o audiovisual está fazer parte da vida das pessoas”, opinou a veterana.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!