Grazi Massafera abre o jogo sobre cenas quentes de Dona Beja e dispensa comparação

Grazi Massafera
Grazi Massafera fala sobre papel em Dona Beja, o primeiro remake da HBO Max no Brasil (Imagem: Divulgação / HBO Max)

Protagonista do remake de Dona Beja, nova produção da HBO Max, Grazi Massafera negou qualquer temor para comparações do público com Maitê Proença, intérprete da mocinha na versão original exibida pela TV Manchete na década de 1980.

A atriz declarou em entrevista à revista Veja que a equipe manteve coisas importantes da primeira novela, “mas agora a história trata mais de questões femininas e raciais”.

Grazi pontuou que Maitê foi um grande sucesso no papel de Ana Jacinta. “Ela é icônica, e o imaginário de Maitê como a Beja vai existir para sempre”, declarou. A trama original é de Wilson Aguiar Filho (1951-1991).

Grazi Massafera para cenas picantes em Dona Beja

A artista confirmou as sequências mais ardentes de Dona Beja. “Tem muitas cenas com nudez e sexo, mas nada é gratuito, estamos contando uma história. Confesso que até eu vou me chocar com o resultado”, falou.

Para as cenas, a HBO Max contratou uma coordenadora de intimidade no set, para evitar questões como assédio, abuso e constrangimento.

O folhetim conta a história de Ana Jacinta, que decide abrir um bordel após uma decepção amorosa. Ela vira a grande cortesã da cidade de Araxá, em Minas Gerais.

A protagonista é disputada por Antônio (David Junior) e João (André Luiz Miranda). Dentro das maiores mudanças, o remake escrito por Daniel Berlinsky e António Barreira criará um núcleo negro, que fará de tudo por uma sociedade mais justa.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].