Haja Coração bate recorde negativo de média semanal

Haja Coração
Mariana Ximenes (Tancinha) em Haja Coração; edição especial das 19h registra queda na audiência (Imagem: Reprodução / Globo)

Novela em reprise às 19h, por conta da interrupção dos trabalhos nos estúdios da Globo causada pela pandemia de Covid-19, Haja Coração (2016) vem perdendo audiência a cada semana… A trama assinada por Daniel Ortiz, com base em Sassaricando (1987), de Silvio de Abreu, amargou sua pior média semanal entre 2 e 7 de novembro. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

O folhetim protagonizado por Mariana Ximenes (Tancinha) acumulou 25,3 pontos. Nas semanas anteriores, Haja Coração alcançou 25,7 (entre 12 e 17 de outubro e de 26 a 31 de outubro) e 25,9 (19 a 24 de outubro). O foco dos capítulos mais recentes esteve no sequestro da feirante, salva pelos pretendentes Apolo (Malvino Salvador) e Beto (João Baldasserini).

As outras duas produções em reprise no horário nobre também caíram. Flor do Caribe (2013), às 18h, foi de 21,8 para 21,2 pontos. O destaque ficou por conta do ciúme de Ester (Grazi Massafera) com a proximidade de Cassiano (Henri Castelli) e Cristal (Moro Anghileri). Alberto (Igor Rickli) influenciou a cantora a “partir para cima” do ex-prisioneiro do contrabandista de pedras preciosas Dom Rafael (César Troncoso).

A Força do Querer (2017), mesmo batendo recorde na quinta-feira (5), saiu de 29,3 para 29,2. Em cena, a prisão de Rubinho (Emilio Dantas). Um grampo telefônico comprovou a ligação do marido de Bibi (Juliana Paes) com traficantes de drogas; a estudante de Direito, no entanto, atribui o ocorrido com o bandido à “perseguição” de Jeiza (Paolla Oliveira).

Laços de Família (2000) em Vale a Pena Ver de Novo, por sua vez, saltou de 18,2 para 18,3 de média. Helena (Vera Fischer) e Camila (Carolina Dieckmann) trocaram ofensas, diante de todo Leblon, após a jovem ser acusada por Íris (Deborah Secco), com razão, de estar roubando o namorado da mãe, Edu (Reynaldo Gianecchini). A confusão agradou Alma (Marieta Severo), interessada em unir o sobrinho e a estudante de psicologia.

Malhação – Viva a Diferença (2017) foi de 19 para 19,1. A saída de Malu (Daniela Galli) do posto de orientadora movimentou o Colégio Grupo; os alunos reconduziram Bóris (Mouhamed Harfouch) ao cargo. Já na Escola Cora Coralina, os conflitos passaram por K1 (Talita Younan), que, com auxílio de Dóris (Ana Flávia Cavalcanti), entregou o padrasto assediador à polícia.

CONTINUE LENDO →
Duh Secco

Duh Secco é  “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com