HBO Max oficializa contratação de ex-roteirista da Globo e revela novidade

HBO Max
Patrícia Andrade assinou contrato com a HBO Max (Imagem: Reprodução / Instagram)

A HBO Max confirmou a contratação de Patrícia Andrade para o seu time de roteiristas de séries de ficção. A ex-profissional da Globo também ficará responsável pela supervisão, apresentação e desenvolvimento de projetos originais.

Patrícia trabalhou durante 10 anos no jornal O Globo, no qual atuou como repórter, editora e colunista. Desde 2002, ela escreve roteiros para cinema, TV e teatro musical, entre os quais destacam-se os filmes 2 Filhos de Francisco, Nise – O Coração da Loucura, Gonzaga – De Pai para Filho e Entre Irmãs.

A ex-Globo também assinou quatro episódios da série Por Toda a Minha Vida, da emissora carioca, e atuou na redação final do programa Esquenta!, de Regina Casé.

“Estou muito grata pela oportunidade de contar novas histórias na HBO Max e aproximar ainda mais o público de conteúdos tão autênticos e que proporcionam identificação e diversão. Será uma nova fase muito importante na minha vida e não vejo a hora de fazer acontecer”, comemorou ela.

Marcelo Tamburri, Head de Desenvolvimento de Conteúdo de Séries da WarnerMedia Latin America, disparou: “Patrícia chega para somar criatividade e conhecimento técnico com todo o seu talento e a sua experiência na área. Estamos muito orgulhosos do time de talentos que estamos formando e vamos entregar uma excelente estratégia no desenvolvimento de conteúdo, com muita inovação”.

Em nota, a HBO Max ainda fez uma revelação. A empresa pretende desenvolver mais de 100 produções locais nos próximos dois anos. Todos esses novos títulos serão exclusivos para a plataforma HBO Max sob a marca Max Originals.

Vale ressaltar que a Globo tem passado por uma grande mudança. A alta cúpula da emissora deve fazer um plano de demissão em massa por todo o departamento operacional em breve. Segundo informações do site TV Pop, o processo foi aprovado por todas as esferas executivas.

A ideia da emissora é a terceirizar o setor de operações de todos os seus canais de televisão, inclusive na TV aberta, para produtoras, justamente para buscar cortar custos da empresa e, assim, poder focar em áreas mais estratégicas, como otimizações de tecnologia e modificações na plataforma de streaming do grupo.

Ainda segundo a publicação, as demissões devem acontecer ainda neste ano ou logo no começo de 2022. Nos bastidores da emissora, a ideia da terceirização tem dividido opiniões. Isso porque alguns profissionais têm comentado sobre os erros que aconteceram em coberturas importantes, como os Jogos Olímpicos de Tóquio.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›