Heraldo Pereira se emociona em despedida a Milton Gonçalves no Jornal Nacional

Milton Gonçalves
Heraldo Pereira se emocionou em despedida a Milton Gonçalves (Imagem: Reprodução / Globo)

Heraldo Pereira não conseguiu esconder a emoção na despedida a Milton Gonçalves no Jornal Nacional, da Globo, nesta segunda-feira (30). Substituindo William Bonner, o âncora chorou e apenas ficou em silêncio após a exibição de uma matéria da trajetória do veterano.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

O momento aconteceu no encerramento do JN. Renata Vasconcellos foi a responsável pelas últimas palavras na edição de ontem do telejornal: “O velório será aberto ao público nesta terça-feira, pela manhã, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Em homenagem a Milton Gonçalves, a Globo exibe na Sessão da Tarde o especial Juntos a Magia Acontece”.

Durante o Jornal Nacional, Heraldo Pereira relembrou a trajetória do artista e destacou: “Pioneiro no teatro e na televisão, Milton Gonçalves virou, e é, referência por abrir portas e defender o protagonismo para várias gerações de artistas, artistas negros”.

publicidade

Veja Também

O famoso faleceu em casa por volta de 12h30 após recorrentes problemas de saúde decorrentes de um AVC sofrido em 2020. Viúvo, ele deixa três filhos, dois netos e um legado que se confunde com a história da própria TV brasileira.

No ano passado, por causa do AVC, o famoso chegou a ficar três meses internado e precisou de aparelhos para respirar.

Na época, em fevereiro de 2020, Milton Gonçalves participava de uma feijoada na quadra da escola de samba Salgueiro, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro.

publicidade

A carreira de Milton Gonçalves

Nascido em 9 de dezembro de 1933, na pequena cidade de Monte Santo, em Minas Gerais, Milton fez mais de 40 novelas só na Globo, onde também atuou em programas humorísticos e minisséries de sucesso, como as primeiras versões de Irmãos Coragem (1970); A Grande Família (1972); e Escrava Isaura (1976).

O veterano também chamou a atenção do público em trabalhos nas séries Carga Pesada (1979) e Caso Verdade (1982-1986). A sua atuação como Pai José em Sinhá Moça (2006) lhe valeu a indicação para o prêmio de Melhor Ator no Emmy Internacional.

publicidade

Gonçalves participou do primeiro elenco de atores da Globo. Ele chegou à emissora a convite do ator e diretor Otávio Graça Mello, de quem fora companheiro de set no filme Grande Sertão (1965), dos irmãos Geraldo e Renato Santos Pereira.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br