Ingrid Guimarães surpreende ao comentar fala de Bolsonaro sobre Ivete Sangalo

Ingrid Guimarães
Ingrid Guimarães dispara contra fala de Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globo)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu reagir contra uma atitude polêmica de Ivete Sangalo e declarou que ela estava chateada por causa de cortes na Lei Rouanet. Ingrid Guimarães, então, saiu em defesa da cantora.

Durante uma entrevista coletiva, que concedeu após receber alta hospitalar, o presidente disparou: “Estamos mexendo na Lei Rouanet. Quando entrei no governo, o limite para museus, por exemplo, era R$ 60 milhões, o limite para artistas era R$ 10 milhões por ano. Eu passei para R$ 1 milhão e, conversando com o Mário Frias, vamos passar nos próximos dias para R$ 500 mil o limite”.

“Nós queremos a Lei Rouanet para atender aquele artista que está começando a carreira e não para figurões ou figuronas, como a querida Ivete Sangalo. Ela está chateada, José de Abreu está chateado porque acabou aquela teta deles, gorda, de pegar até R$ 10 milhões da Lei Rouanet e defender o presidente de plantão. Eu não quero que me defenda, quero que fale a verdade ao meu respeito”, declarou Bolsonaro.

Ingrid Guimarães, então, comentou sobre o assunto em uma postagem do Instagram com a notícia. “Bossal. Até parece que Ivete precisa de lei. Esse é o sonho dele: que a gente precise dele para alguma coisa”, afirmou a atriz.

Quem também reagiu foi a cantora Luísa Sonza, que concordou com a ex-Globo: “Nossa, exatamente! Ridículo”. A dona do hit Penhasco também declarou em outro post: “Eu queria muito conversar normal e rebater ele [Bolsonaro] com argumentos, mas eu sinto tanta raiva que só tenho vontade de xingar essa desgraça”.

MC Rebecca foi outra que se posicionou: “E olha que ele é presidente e não sabe nada sobre a Lei Rouanet”.

Ivete Sangalo toma atitude contra Bolsonaro

A fala do presidente foi feita depois que um vídeo viralizou com a cantora encorajando seus fãs, que gritavam contra Jair. Durante um show que rolou em Natal (RN), na última semana, pôde-se ver a plateia gritando o seguinte: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*“. A cantora não repetiu o que ouviu, mas indiretamente sugeriu que falassem mais alto: “Não ouvi… Tá baixinho“.

O público repetiu a mesma coisa que tinha berrado e Ivete tirou sarro do que aconteceu, enquanto dançava: “Vai acabar escutando de tão alto que foi“. No Twitter, vários internautas comentaram a atitude.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›