Internautas apontam racismo estrutural em situação constrangedora no É de Casa

É de Casa
Internautas apontam racismo estrutural em situação constrangedora no É de Casa (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Com o elenco prestes a ser renovado, o É de Casa deste sábado (11) rendeu um momento bastante embaraçoso. Internautas apontaram racismo estrutural numa atitude de Talitha Morete com uma convidada especial, precisando de uma intervenção de Manoel Soares.

Depois de ter ensinado a fazer uma cocada e interagir com os convidados daquele dia, Cilene foi sugerida para servir o que fez aos demais.

Cilene, a dona da cocada, vai fazer as honras da casa e servir todo mundo. Por favor… Pode oferecer, que está todo mundo querendo a sua cocada”, disparou Talitha, ao vivo.

Veja Também

Na sequência, Manoel não julgou adequado a convidada, única mulher preta da cena, ter a tarefa de servir, sendo que ela já tinha colocado a mão na massa.

Vamos fazer o seguinte? Eu vou ser o seu garçom e você vai me orientar pra quem eu vou servir, porque você não vai servir ninguém”, disse o apresentador, assumindo a tarefa. Tati Machado chegou a se oferecer, mas o assunto morreu depois.

Internautas detonam atitude de Talitha Morete no É de Casa

A mulher além de cozinhar, ia ter que servir. Que abuso”, bradou uma mulher no Twitter, indignada com a cena. Outra delas fez uma crítica mais profunda: “2022. TV aberta. Sábado de manhã e a reprodução da casa grande de maneira escancarada… É inacreditável isso aqui”.

Uma terceira também foi taxativa: “A mulher tava em pé com a bandeja na mão, mas resolveu entregar pra negra servir. Incrível como é natural, né?”. Manoel foi elogiado: “Manoel foi essencial aí. Muito bom”.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›