Ivete Sangalo é confirmada na segunda temporada do The Masked Singer Brasil

Ivete Sangalo
Ivete Sangalo vai comandar programa no ano que vem (Imagem: Reprodução / Instagram)

Ivete Sangalo está confirmada na segunda temporada do The Masked Singer Brasil. A cantora vai ficar à frente do programa na edição do ano que vem.

A atração, que terminou na última terça-feira (19) e conquistou bom retorno para a emissora, vai ocupar a programação em janeiro, aos domingos. Além da Globo, a cantora baiana também está confirmada no Música Boa Ao Vivo, no Multishow.

O Notícias da TV, no entanto, revelou que a ideia da Globo em colocar o The Masked Singer Brasil já no começo de 2022 é justamente para tapar o buraco deixado pelo futebol, já que neste período não tem torneios estaduais.

Com isso, Ivete assume as tardes de domingo da emissora carioca até maio. Ainda segundo a publicação, foi a Endemol Shine e a Universal, que também estão envolvidas com o programa, que sugeriram a mudança, alegando que o novo horário tinha mais perfil do público da atração.

Ao fazer um estudo sobre a programação, a Globo definiu, então, o horário que é ocupado atualmente pelo futebol. Vale lembrar que a grade da faixa das 14h30 da emissora já tem definidas suas atrações: O The Voice Kids e o The Voice+, para pessoas acima dos 60 anos.

Além disso, uma outra mudança pode acontecer no programa comandado por Ivete Sangalo. Em 2022, o reality teria um aumento de, pelo menos, mais quatro episódios, totalizando 12 semanas no ar.

Em recente entrevista à revista Quem, a cantora revelou detalhes sobre como recebeu a proposta do The Masked Singer Brasil e também falou com carinho sobre carreira de apresentadora.

“Estou me sentindo muito feliz, confortável e à vontade. É um time vencedor pela energia de cada um da equipe. Para dar certo, há um conjunto de fatores. Tenho uma iluminação maravilhosa, um cenário maravilhoso montado no estúdio. A direção do programa foi fundamental para a minha performance”, disse.

A artista, então, falou sobre o desafio: “Sabia que estaria suportada por uma equipe e diretores de altíssimo nível. Aceitei sem pensar. A minha produtora, a Iessi, também está envolvida na produção junto com a Endemol e a Globo. Fico muito orgulhosa disso”.

Ivete contou que há quase dois anos recebeu uma visita da direção da Endemol em um hotel em São Paulo: “Fiquei muito feliz em ser lembrada por eles [para apresentar a versão brasileira do The Masked Singer]”.

Apesar de seguir à risca o formato estrangeiro, ela ressaltou que optou por não saber quem são os mascarados do programa.

“Não faço ideia de quem está atrás da máscara e isso também dá um tempero. A surpresa é muito grande. Graças à direção, muitas vezes os personagens nos confundem. No momento em que a gente tira a máscara, a gente quer que eles continuem no programa. Agradeço a cada um que topou participar. É um programa que me faz sair do lugar-comum com artistas e celebridades que querem levar alegria e entretenimento para a casa das pessoas”, desabafou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›