Jade Picon se revolta após empresa chinesa copiar sua marca de roupas

Jade Picon
Jade Picon acusou a Shein de plágio (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após denunciar um suposto plágio que sua marca de roupas, a Approve, sofreu pela empresa chinesa Shein, Jade Picon fez um breve desabafo nos Stories do Instagram.

“Sobre o negócio das camisetas idênticas, gêmeas. Copia só não faz igual. Postei e sumi, […] mas já falei com a marca, já estamos resolvendo entre nós“, disse a influencer.

Após a denúncia revoltada que fez sobre a situação, a jovem, que possui a marca com Leo Picon, seu irmão, contou: “Estamos resolvendo e foi ótimo, pois consegui chamar atenção”.

No Instagram, a empresa da China pediu desculpas pelo ocorrido e afirmou que removeu os produtos do site. “A Shein respeita os direitos de propriedade intelectual válidos de terceiros. Além disso, entraremos em contato com nosso fornecedor de onde adquirimos os itens para informá-los sobre este problema”, comunicou a marca.

Em um desabafo, Jade Picon revelou que não é a primeira vez que essa situação acontece. “Não tinha sido a primeira vez. Para mim, que sei de todo o processo por trás da criação de uma coleção da minha marca, é fod* você ver pessoas plagiando o seu trabalho”, disparou a empresária.

“É revoltante você ver um fast fashion mundial gigantesco, mundial, copiando o trabalho de uma marca nacional. O que que acontece? Com um preço que nem consegue pagar dignamente todos os envolvidos“, declarou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›