JN esquece Felipe Prior e não revela conclusão de inquérito após grave acusação

JN
JN não informa conclusão de inquérito contra Felipe Prior (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

O JN não citou a conclusão do inquérito de Felipe Prior, ex-participantes do BBB 2020 que foi acusado por três mulheres de estupro e tentativa de estupro em 2014, 2016 e 2018. Em abril, o principal telejornal do país noticiou a notícia-crime contra o arquiteto.

Na última quarta-feira (5), quando a 1ª Delegacia da Mulher em São Paulo decidiu pelo não indiciamento do ex-brother, o telejornal não tocou no assunto.

Após o relato feito pela supostas vítimas em entrevista à revista Marie Claire, William Bonner anunciou ao público que o Ministério Público de São Paulo pediu a polícia “a instauração de um inquérito para apurar a denúncia contra o arquiteto Felipe Prior”. No dia, o âncora destacou que as mulheres acusavam o ex-BBB de violência sexual.

O portal de notícias da Globo, o G1, foi a escolha do Grupo Globo para a divulgação da notícia para o seu público. Pai de Felipe, Edmir Prior falou em entrevista à reportagem que “a verdade sempre vai prevalecer”. A advogada do arquiteto destacou que “a defesa sempre acreditou que a inocência de Felipe Prior iria se sobrepor a qualquer outra circunstância no curso das investigações”.

De acordo com o site Notícias da TV, o relatório final da delegada responsável pelo inquérito, Maria Valéria Pereira Novaes, deixou claro que Prior não foi indiciado. “Esta autoridade policial signatária, deixa de indiciar Felipe Antoniazzi Prior nos crimes de estupro consumado ou estupro tentado, razão pela qual encaminho o presente relatório ao Judiciário para as providências relacionadas à prestação jurisdicional”, esclareceu.

“Diante de todo o conjunto fático-probatório, tomadas as medidas cabíveis ao feito e não se verificando, salvo melhor juízo, necessidade de outras diligências relevantes a comprovação do fato delituoso e de suas circunstâncias, dou por encerrado o persecutório penal”, completou.

Internautas e principalmente fãs de Felipe Prior ficaram felizes com o resultado do inquérito, mas revoltado com o JN por não ter mencionado a conclusão do inquérito. Ontem, em noite de futebol, o telejornal teve pouco tempo no ar, das 20h às 20h34.

Confira a repercussão na web:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.