João Emanuel Carneiro
Chay Suede e Letícia Colin estão entre os nomes pretendidos para próxima novela de João Emanuel Carneiro (Imagens: Divulgação / Globo)

O autor João Emanuel Carneiro volta à faixa das 21h no segundo semestre de 2020. Esta coluna do RD1 apurou, e adianta com exclusividade, que o responsável por “A Favorita” (2008) e “Avenida Brasil” (2012) já apresentou sinopse. E também manifestou o interesse de contar com o casal-sensação de “Segundo Sol” (2018), seu último trabalho: Chay Suede e Letícia Colin.

Na trama finalizada em novembro último, Chay vivia Ícaro e Letícia respondia por Rosa. O rapaz, revoltado por conta do assassinato do pai – cuja autoria atribuía à mãe –, acabou se envolvendo com a moça, que recorria à prostituição para se livrar do julgo de seu genitor machista. Apesar da química, os dois terminaram separados; Rosa se acertou com o meio-irmão de Ícaro, Valentim (Danilo Mesquita).

Com “Segundo Sol”, Chay reafirmou o talento já constatado logo em sua primeira aparição na TV, como calouro do reality “Ídolos” (2010), na Record. A emissora então o convidou para estrelar a adaptação da mexicana “Rebelde” (2011). Em 2014, a estreia na Globo, interpretando o protagonista de “Império”, José Alfredo, na fase jovem.

Chay esteve ainda em “Babilônia” (2015) e “Novo Mundo” (2017). Atualmente, dedica-se à “Amor de Mãe”, substituta de “A Dona do Pedaço”. Caso a escalação para o próximo trabalho de João Emanuel Carneiro se confirme, Chay terá poucos meses de descanso – o folhetim de Manuela Dias chega ao fim em maio do ano que vem.

O mesmo se aplica a Letícia Colin, à espera do primeiro filho, de seu relacionamento com o ator Michel Melamed. A chegada do bebê está prevista para o primeiro semestre de 2020; a nova novela de JEC deve estrear em novembro. Antes, ela poderá gravar a segunda temporada da série “Cine Holliúdy”.

Assim como Chay, Letícia também começou cedo. Passou por “Sandy e Junior” (2000) e “Malhação” (2002) na Globo. Após “Floribella” (2005), na Band, migrou para a Record, destacando-se como Vivi em “Chamas da Vida” (2008). Voltou à Globo em 2013. Quatro anos depois, encantou público e crítica com Leopoldina, de “Novo Mundo”.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos