João Vicente de Castro ataca passeata pró-Bolsonaro e vira alvo dos fãs

João Vicente de Castro
João Vicente de Castro não aprova passeata de Bolsonaro no Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução / Globo)

Anti-Bolsonaro, João Vicente de Castro não gostou da passeata do presidente da República, acompanhada por motociclistas, no Rio de Janeiro. Em protesto, o ator e contratado do GNT não poupou críticas contra os eleitores do atual governo.

“Rio recebeu o maior evento de Motoboçalidade do mundo”, escreveu o amigo de Fábio Porchat em sua conta no Twitter. O desabafo com humor rendeu mais de 15 mil curtidas na rede social.

A declaração do artista provocou a reação dos internautas. “Ele tá comemorando as 450 mil mortes junto com sua turma. É assim que [funciona] os genocidas: eles gostam do cheiro da morte”, alertou uma.

“Difícil de entender esse presidente… É caso de internação compulsória!”, defendeu mais um. “Já peguei ódio da camisa amarela, de gente fardada e estou pela beira de pegar ódio de motoqueiro”, admitiu uma terceira.

“Ele tem muito que comemorar, né? E o pior são os asnos que os apoia e a minha revolta é que mais nada acontece contra essa atrocidade, será meu Deus? Até quando teremos que suportar isso?”, questionou outra.

Na semana passada, João Vicente de Castro reagiu chocado com a aglomeração nas ruas do Rio de Janeiro: “Muito lindo ver tudo voltar ao normal. Passando de carro na barra pude ver 90% das pessoas andando livremente sem máscara. O rio de janeiro continua lindo. (Contém ironia e bastante desespero esse bilhete)”.

Ainda sobre Bolsonaro, o ator compartilhou um post de um dos defensores do ex-deputado federal: o jornalista Alexandre Garcia. “Lembro me que quando eu tinha sete anos, estava no sofá com meu pai assistindo TV quando vi Alexandre Garcia pela primeira vez, perguntei ao meu pai quem ele era. Meu pai respondeu sem titubear: ‘Um canalha, meu filho, um canalha'”, recordou.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›