Jornal da Record se torna o 2º telejornal mais visto do país em 2021

JR
Christina Lemos no comando do Jornal da Record; emissora paulista garante alta audiência com o telejornal em 2021 (Imagem: Reprodução / Record)

Principal telejornal da Record, o Jornal da Record mostrou um impacto positivo na audiência do canal paulista ao longo de 2021. O noticiário obteve a sua melhor marca em dez anos no PNT, o Painel Nacional de Televisão.

Vice-líder de audiência, o JR consolidou 8,8 pontos de média na medição das 15 principais praças do país. Na Grande São Paulo, a audiência foi ainda melhor: 9,4 pontos de média e 14% de share (número de televisores ligados).

Uma das maiores audiência do ano foi registrada em fevereiro. Entre 19h55 e 21h do dia 8 de fevereiro, o informativo emplacou 10,3 pontos, 12,9 de pico e 14,6% de participação no número de televisores ligados (share) contra 29,2 da Globo e 6,6 do SBT.

Jornal da Record em outubro e junho

No antepenúltimo mês do ano, em São Paulo, o jornal consolidou 9,8 pontos de média e 14% de share (número de televisores ligados).

O desempenho só não foi melhor do que o registrado em junho, quando anotou 10,2 pontos de média. No mesmo período, o SBT deu 5,8 pontos de média.

No PNT, a média foi de 9,1 pontos e 14% de participação, número próximo dos 9,5 pontos adquiridos em junho. A média parcial do Jornal da Record, ancorado por Celso Freitas e Christina Lemos, subiu para 8,8 pontos de média.

O aumento foi de 15% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando o principal jornal do canal do bispo Edir Macedo marcou 7,7 pontos de média.

Em uma das edições, os âncoras da Record falaram sobre a situação da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola. Por causa disso, O JR exibiu vídeos de manifestações em Brasília, São Paulo e Fortaleza contra o presidente.
No último vídeo, uma mulher gritou aos berros: “Fora, Bolsonaro!”. O momento narrado por Luiz Fara Monteiro foi compartilhado pelo perfil do JR no Twitter.
Vale frisar que tudo ocorreu em meio ao clima de insatisfação por causa da briga Angola x Igreja Universal e a inércia do Itamaraty na questão.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›