Jornal Nacional desmascara Bolsonaro e acusa presidente de ajustar discurso sobre corrupção

Jornal Nacional
Jornal Nacional acusa Bolsonaro de ajustar discurso sobre corrupção (Imagem: Reprodução – Globo – Agência Brasil / Montagem – RD1)

A edição do Jornal Nacional, da Globo desta segunda-feira (28) decidiu desmascarar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O jornalístico destacou que o político mudou o seu discurso e evitou negar a existência de um esquema de corrupção na compra da vacina Covaxin.

O principal telejornal da TV aberta afirmou que, em conversa com apoiadores, o presidente da República afirmou que “não tem como saber o que acontece nos ministérios”. Até então, Bolsonaro sempre repetia que o seu governo era livre de corrupção.

“O presidente mudou de discurso quando falou sobre as declarações dos irmãos Miranda de que o avisaram sobre as suspeitas no contrato da Covaxin. Bolsonaro costuma repetir que o governo dele é livre de corrupção, mas que, nesta segunda-feira, disse que não tem como saber tudo o que acontece nos ministérios”, afirmou Ana Luiza Guimarães, substituta de Renata Vasconcellos no JN.

Durante a conversa no cercadinho do Alvorada, o “capitão” disparou: “Eu nem sabia como estava a questão da Covaxin. Eu não tenho como saber o que acontece nos ministérios. Vou na confiança em cima de ministros e nada fizemos de errado”.

O Jornal Nacional ainda revelou na reportagem que o presidente da República já disse em outras oportunidades que não tem controle sobre tudo que acontece no seu governo. O noticiário até exibiu algumas das falas antigas do político.

No último sábado, o telejornal da Globo fez uma “leve” correção envolvendo o desserviço de Jair Bolsonaro em relação ao uso obrigatório de máscaras contra a Covid-19. Durante a semana, o representante do Brasil chegou a tirar a proteção facial do rosto de uma criança e chegou a se irritar ao ser questionado sobre o equipamento.

O jornalístico falou sobre o evento realizado pelo presidente em Santa Catarina, com centenas de motociclistas, sem máscara e causando aglomerações no local. Logo na sequência, foi exibida uma reportagem que abordava um estudo sobre a eficácia da máscara no combate a proliferação do vírus.

“O presidente Jair Bolsonaro esteve hoje (26) no oeste de Santa Catarina, onde fez um passeio de moto com apoiadores. O ato, organizado por um movimento independente de motociclistas, partiu de Chapecó com direção a Xanxerê. O presidente estava sem máscara“, leu o âncora Hélter Duarte.

“O presidente participou da reinauguração de uma agência da Caixa e provocou aglomeração. Cumprimentou apoiadores e policiais, que também não usavam máscaras. De volta a Chapecó, o presidente criticou a CPI da Covid e agradeceu a presença das pessoas”, disse o jornalista.

Quando a câmera voltou para o estúdio, a âncora Mariana Gross chamou a reportagem para corrigir o desserviço do presidente da República, mas sem citá-lo.

“Um novo estudo internacional comprova que o uso de máscara reduz muito a possibilidade da transmissão do coronavírus, o causador da Covid-19“, falou.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›