Jornal Nacional vira alvo de elogios de artistas da esquerda

Jornal Nacional
Jornal Nacional ganha elogios da ala esquerdista da Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

Se antes o Jornal Nacional era alvo de queixas da esquerda, a chegada da extrema-direita no Palácio do Planalto mudou os rumos da relação entre o principal telejornal do país e seus antigos críticos. Nomes famosos já declararam apoio à atração da Globo em meio à guerra contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

De acordo com as informações da revista Veja, o bom clima entre o JN e esquerdistas foi visto dentro da Globo. Artistas do canal carioca e eleitores de políticos de esquerda rasgaram elogios e defenderam William Bonner e Renata Vasconcellos.

Atrizes como Letícia Sabatella, Camila Pitanga, Alice Wegmann e Leandra Leal defenderam a postura do telejornal em meio ao caos políticos e a pandemia do coronavírus.

“Eles mentem. O tempo todo. É um método. E o Jornal Nacional tá comprovando”, afirmou Leandra, que está no ar na série Aruanas. A crítica veio sobre o governo e a postura negativista sobre a nova crise política, que foi instaurada após a saída do ex-juiz Sergio Moro do Ministério da Justiça.

Mas não foi assim na cobertura da Globo no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Em março de 2016, Leal não gostou do trabalho feito pela GloboNews. “Estou trabalhando e assim como domingo e ontem, queria acompanhar as manifestações, cadê a cobertura ao vivo?”, questionou, na época.

Na web, o JN se tornou uma atração mais esperada do que capítulo de novela, estreia de reality show ou barraco na TV. O jornal se tornou uma “peneira” para o público envolvendo as notícias de Brasília e da pandemia.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.