Jornalista demitido da Globo se pronuncia após acusação de corrupção

Tyndaro Menezes
Tyndaro Menezes foi demitido da Globo após graves acusações de corrupção (Imagem: Divulgação / Emmy)

Demitido da Globo na última terça-feira (17), após ser acusado de participar de um esquema de corrupção, Tyndaro Menezes se pronunciou pela primeira vez a respeito da situação.

O jornalista, que ocupava o cargo de chefe de Jornalismo investigativo da emissora no Rio de Janeiro, garantiu não ter envolvimento com o caso, que ainda investiga Arthur César de Menezes Soares Filho, conhecido como Rei Arthur, e o delegado Ângelo Ribeiro, afastado da Polícia Civil

“Não cometi nenhum crime e a verdade prevalecerá“, declarou à Folha de S. Paulo. O nome de Tyndaro apareceu sete vezes no documento contra o delegado, afirmando que ele teria intermediado um negócio suspeito com o policial em relação à saúde.

Veja Também

O jornalista ainda era citado como próximo de Ribeiro e apontado como responsável por divulgar informações privilegiadas para o Rei Arthur sobre movimentações e operações policiais.

Ex-chefe da Globo vira investigado

Em um trecho das conversas obtidas pelo MPRJ, o ex-titular da Delegacia Fazendária do RJ diz que Menezes precisa “receber sua parte em dinheiro” apesar de “não integrar nenhuma empresa”.

Segundo o Ministério Público, Tyndaro é apresentado por Tyn no e-mail. “Mas precisei ser recepcionado pela outra ponta da operação, para com sorte, ficar com 1% do valor de nota de compra. Se ainda fosse de venda. Ah! E dividir com Tyn obviamente”, diz o trecho exposto pelo documento do MP.

Existe ainda conversas por aplicativos de celulares, segundo a investigação iniciada em 2018, e nelas são mencionados negócios com a Rede D’Or, Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde da gestão Sérgio Cabral, entre 2007 e 2013, preso e condenado por lavagem de dinheiro, corrupção e evasão de divisas, e Sérgio Vianna, cunhado de Côrtes.

“No contexto em que fala sobre compra de insumos médicos e sobre “SC” (Sergio Cortês) e família serem atravessadores de uma empresa de São Paulo, Ângelo fala que Tyndaro Menezes não integraria nenhuma empresa, mas, ainda assim, ‘seria prestigiado’”, aponta o documento.

Tyndaro Menezes é responsável por reportagens premiadas ao lado de nomes como Tim Lopes, Cristina Guimarães, Flávio Fachel e Renata Lyra. Ele é um dos contemplados com o Emmy pelo trabalho na cobertura do ataque da Polícia Militar ao Complexo do Alemão.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›