José de Abreu diz que ação de Bolsonaro pode fazer brasileiro tomar decisão drástica

José de Abreu
José de Abreu fala sobre atitude de Bolsonaro contra vacina (Imagem: Reprodução / Globo)

José de Abreu acendeu um alerta em seus milhares de seguidores no Twitter após a decisão drástica do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo fim do acordo com o Instituto Butantan (SP) pelas 46 milhões de doses da vacina Coronavac, produzida em parceria com o laboratório Sinovac.

O ator afirmou que, com a decisão sobre a vacina, o “capitão” deu motivo suficiente para o pedido de asilo político de qualquer brasileiro em países desenvolvidos como França e Nova Zelândia, atualmente o país que mais teve sucesso no combate ao coronavírus.

“A decisão de Bozo [Bolsonaro] de não comprar e não obrigar o uso de vacinas é motivo suficiente para brasileiros no exterior pedir asilo político em países mais avançados como França e Nova Zelândia. Para virar ‘Pessoa Protegida’ basta ter medo de voltar a seu país com motivos razoáveis”, explicou no Twitter.

Bolsonaro menosprezou a vacina chinesa na tarde de ontem (21). “Toda e qualquer vacina está descartada. Tem que ter uma validade da Saúde e uma certificação por parte da Anvisa também”, declarou durante sua vista a instalações da Marina em Iperó, no interior de São Paulo.

“Já mandei cancelar, o presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade (…) Até porque estaria comprando uma vacina que ninguém está interessado nela, a não ser nós”, garantiu o político, que se enganou, afinal Chile e Indonésia entraram em negociação com a Sinovac para a compra do medicamento.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›