José de Abreu não perdoa e massacra Bolsonaro após prisão de ex-ministro da Educação

José de Abreu
José de Abreu cutuca Bolsonaro após ex-ministro da Educação ser preso no litoral de São Paulo (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

José de Abreu não perdeu tempo e cutucou o presidente Jair Bolsonaro (PL) por conta da prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, alvo de uma operação da Polícia Federal em seu apartamento na manhã desta quarta-feira (22), em Santos, no litoral de São Paulo.

Semanas antes da prisão do ex-auxiliar do governo, o Chefe do Executivo usou um trecho da sua live para comentários sobre as acusações contra o então subordinado. “Boto minha cara no fogo pelo Milton”, declarou, na época.

No Instagram, o artista repercutiu a fala de Bolsonaro e debochou: “Queimou a cara! Bolsonaro corrupto”. Em outro post, o ator lembrou que Milton Ribeiro colocou uma parcela da culpa por toda a situação no presidente.

Veja Também

Em março deste ano, Ribeiro disse que cumpria ordens de Bolsonaro. “Acabou a farsa”, declarou o famoso, aliado do ex-presidente Lula (PT).

Seguindo os ataques, o contratado da Globo repercutiu uma matéria do jornal Folha de S. Paulo sobre a preocupação da campanha de reeleição do governo depois da prisão do ex-ministro: “Um reverendo e dois pastores. Acabou”.

José de Abreu chama Bolsonaro de assassino

Depois da tragédia envolvendo o jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, José se irritou e culpou o presidente Jair Bolsonaro pela tragédia ocorrida no Amazonas.

“Triste. Pobre Brasil. Bolsonaro assassino”, surpreendeu. Antes do “sim” para o elenco de Mar do Sertão, nova novela das seis da Globo, Abreu esteve entre os cotados pelo PT para um cargo político.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›