José de Abreu ressalta “vida normal” na Nova Zelândia e alfineta Bolsonaro

José de Abreu
José de Abreu fala sobre a pandemia na Nova Zelândia (Imagem: Reprodução / Globo)

José de Abreu aproveitou o clima natalino e deu detalhes da sua vida na Nova Zelândia, o país que mais controlou a pandemia do novo coronavírus desde o seu início. O ator citou a importância do trabalho do governo local, da ciência e cutucou a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em sua fala, o esquerdista lembrou que o país vizinho da Austrália passou a ser governado por uma mulher, de um partido trabalhista e que usa vermelho, total referência ao PT e à Dilma Rousseff, que comandou o Brasil entre 2011 e 2016.

“Aqui na Nova Zelândia continuamos com a vida normal, sem vírus. O Partido Trabalhista daqui – o único que pela primeira vez na história conseguiu a maioria no congresso – usa vermelho, tem uma mulher no comando, e tem a ciência como combatente”, desabafou.

O famoso lembrou que a fronteira da Nova Zelândia foi fechada há meses para o controle da doença. O país tem 2.128 casos confirmados, 25 mortes e 2.054 recuperados, um verdadeiro exemplo de combate ao Covid-19.

No Brasil, o número de casos e mortes é alarmante. São 7.448.560 milhões de casos confirmados, 190.488 mortes e 6.512.717 de recuperados. O mundo tem 79.937.170 milhões de casos confirmados e 1.752.330 mortes.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›