Juliana Paes é acusada de demitir cozinheira vítima de depressão grave; atriz reage

Juliana Paes
Juliana Paes é alvo de acusação de ex-funcionária (Imagem: Reprodução / Instagram)

Juliana Paes foi alvo de uma acusação grave de uma ex-funcionário que trabalhou em sua casa como cozinheira e governanta. A ex-colaboradora contou que foi dispensada após o fim de uma licença dada pelo médico em razão de uma grave depressão.

publicidade

Adriana das Graças contou em vídeo que esteve como parte do quadro de funcionários de Juliana Paes por 11 anos, e não escondeu a frustração por ter sido mandada embora em meio ao tratamento médico.

O vídeo que ganhou repercussão na web foi compartilhado por Alberto João, filho de Adriana, no Twitter. “A moça do vídeo é a minha mãe, se dedicou por 11 anos na cada de Juliana Paes e deu seu máximo. Mas quando precisou se internar em um hospital psiquiátrico, por causa de depressão, foi demitida”, contou.

publicidade

Veja Também

“O INSS deu seis meses para ela se cuidar”, relatou. “Mas os mesmos não quiseram nem saber e demitiram ela”, desabafou. No vídeo, Adriana das Graças mandou um recado a Juliana Paes:

“Você se dedica por 11 anos a uma família, vê os filhos nascerem e, quando entra em depressão, tenta o suicídio e se interna duas vezes em um hospital psiquiátrico, tem que ir ao Caps [Centro de Atenção Psicossocial] para conseguir remédio gratuito porque ninguém te ajuda. Obrigado, Juliana”.

Juliana Paes se manifesta após vídeo de ex-funcionária

Por meio de nota, a assessoria da atriz da Globo contou que a “acusação feita pela senhora Adriana das Graças não procede”, mas confirmou que a colaboradora foi demitida, mas não em razão do seu estado de saúde mental.

“No último mês de julho, aconteceu, de fato, o desligamento da colaboradora. Juliana e família sempre foram cuidadosos e respeitosos com as questões de cunho pessoal que Adriana passou no período e este jamais seria o motivo para o fim do contrato”, expôs.

publicidade

“Juliana manteve Adriana trabalhando durante anos em tratamento da doença e indo além de suas obrigações como empregadora com ajuda médica e também financeira. A dispensa se deu por outros motivos e foi feita dentro da lei, garantindo todos os direitos à ex-colaboradora”, pontuou.

Confira:

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.