Juliana Paes fala sobre títulos de Mais Sexy do Mundo e confessa medo

Juliana Paes
Juliana Paes revelou receio de só ser lembrada por sua beleza (Imagem: Reprodução / Instagram)

Eleita três vezes como a Mulher Mais Sexy do Mundo pela VIP, Juliana Paes abriu o coração e contou que teve medo do título fazer com que ela fosse vista por sua beleza e não por seu talento.

Durante sua participação no Pod Delas, a atriz contou: “Quando chega pra você, já chega ‘Você foi eleita a mais sexy do mundo. Vamos fazer um ensaio?’. Claro que eu vou fazer um ensaio! Vou rejeitar esse presente? Mas a vida da mulher não é fácil nesse lugar”.

“Eu ficava às vezes com medo da objetificação, mas isso é um regalo da vida, não se recusa. Foi uma votação popular. Como eu digo ‘não’? Tinha um medinho por trás de ‘será que vou ficar sempre nessa prateleira?”, confessou a a artista que garantiu:

Veja Também

“Mas dentro de mim sempre tive a coisa de acreditar no que eu podia ser como atriz. Acho que fui a pessoa que mais acreditou em mim”.

Na sequência, Juliana Paes ainda recordou de uma situação que viveu com paparazzi e como seu pensamento mudou com o decorrer dos anos por causa do crescimento do movimento feminista.

“Uma vez tiraram uma foto que apareceu a calcinha. Fiquei noites sem dormir achando o que aquilo poderia dizer sobre mim, o que iriam pensar. Será que não iriam me chamar mais para trabalhar? Será que eu ficaria fadada a ser a pessoa que mostrou a calcinha de propósito para chamar atenção?“, lembrou.

“A gente tem heroínas maravilhosas que estão abrindo outro caminho, de sermos donas de nós mesmas, que uma coisa não significa a outra. Isso é um alívio, lindo de ver. A sensação é de gratidão por estar testemunhando esses acontecimentos“, pontuou.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Juliana Paes fala sobre transformações de personagens em Pantanal

Em recente conversa com a Quem, a intérprete de Maria Marruá na trama, falou sobre as transformações dos personagens misteriosos da trama:

“Nessa versão, acho que o Papa (Rogério Gomes, diretor da novela) optou por deixar mais o mistério do Pantanal, a lenda. Foi uma escolha do nosso diretor trabalhar essa aura de mistério. Não vemos nenhuma cena no estilo X-Men“.

“A transformação é uma percepção de cada um. Entre os próprios personagens da história, tem quem ache que é ‘falação’ a mulher virar onça, por exemplo. Tem quem acredita e acho que cada um do público vai perceber a sua maneira”, pontuou.

Em seguida, a atriz ainda falou com carinho do trabalho: “O processo diário de Pantanal é catártico. Não foi esforço nenhum ter uma caracterização como a da Maria Marruá, muito pelo contrário. É gratificante poder abrir mão da vaidade pela estética vigente. Mais do que isso: vi beleza e poesia nas marcas do tempo. É bacana poder abrir mão da vaidade. Para mim, não foi esforço nenhum”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›