Justiça marca data para decidir se Globo pode acabar vínculo com TV de Collor

Globo
TV de Collor e Globo se encontram na Justiça para definição de futuro (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A Justiça de Alagoas definiu para o próximo dia 10 de abril o julgamento do mérito que vai cravar se a Globo pode encerrar o vínculo com a TV Gazeta, do ex-presidente Fernando Collor, uma das principais afiliadas da emissora no Nordeste.

As duas são parceiras desde 1975. Neste momento, o canal líder de audiência possui um acordo verbal com o Grupo Asa Branca de Comunicação, responsável pela TV Asa Branca.

A questão está na Justiça desde o pedido feito pela TV Gazeta para que a Globo não deixasse a parceria, em novembro de 2023. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

TV Gazeta apela e cita empregos em desavença judicial com a Globo

O canal de Alagoas alegou que não conseguirá cumprir acordos em seu plano de recuperação judicial com a saída do Plim Plim do seu quadro de parceiros, inclusive com a possibilidade de demissão em massa, com a extinção de pelo menos 209 dos 279 cargos da empresa.

A TV Gazeta obteve uma liminar por intermédio do Ministério Público, que obrigou a emissora da família Marinho a renovar o contrato de filiação com a TV de Collor até 2028. A liminar foi derrubada no início deste ano.

A Globo optou pela não renovação do contrato depois da notícia de que o veículo de comunicação foi usado por Fernando Collor para receber propina por corrução, conforme sentença do STF (Supremo Tribunal Federal).

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].