Justiça proíbe show de Wesley Safadão e Xand no Maranhão

Wesley Safadão
Wesley Safadão não faz show no Maranhão por ordem judicial (Imagem: Divulgação / SBT)

Em uma decisão surpreendente, a Justiça do Maranhão suspendeu o show de Wesley Safadão previsto para o dia 24 de abril. O evento, produzido para a cidade de Vitória do Mearim, contaria com o cantor sertanejo e com mais artistas.

Além de Wesley Safadão, o cantor Xand Avião também teve o seu show negado. O encontro com os fãs estava marcado para o dia 16 de abril, próximo sábado, em Bacabal. O motivo? O suposto uso indevido de recursos públicos, segundo informações do Metrópoles.

A Promotora de Justiça Sandra Pontes, responsável pela ação judicial, informou que ainda não saiu a decisão judicial. Segundo o Ministério Público do Maranhão, a contratação ocorreu sem licitação.

Veja Também

O juiz João Paulo de Sousa Oliveira entendeu que o valor gasto na festa seria incompatível com as condições orçamentárias do município. O magistrado levou em consideração a crise econômica vivida pelo país por causa da pandemia do coronavírus.

Wesley Safadão desabafa sobre polêmicas

Em entrevista recente ao Gshow, o artista falou sobre a repercussão das polêmicas enfrentadas por ele nos últimos anos:

“Já me incomodou mais, mas hoje aprendi a viver com todos os tipos de notícias. Claro que tem umas que me revoltam por serem inverdades, mas faz parte do processo”.

“Já fiz procedimentos estéticos e gostei de todos os resultados. Hoje procuro ter uma alimentação balanceada, treino todos os dias e os shows já são uma academia também, né?”, argumentou.

Há alguns dias, Safadão conseguiu um habeas corpus parcial no processo envolvendo o episódio em que furou a fila para a vacinação contra a Covid-19.

Ele não conseguiu a anulação de todo o processo. A 2ª Câmara Criminal de Fortaleza explicou a situação:

“A Câmara, por unanimidade de votos, conheceu parcialmente da ordem impetrada, concedendo parcial provimento na extensão conhecida, para determinar o trancamento parcial do procedimento investigatório criminal, de ofício, determinar o arquivamento inquérito policial, nos termos do voto da relatora. Após essa decisão houve um recurso, e em 23/3/2022 foi enviado ao STJ, em Brasília”.

Por conta disso, o artista conseguiu trancar a investigação que o acusava de “infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›