Justiça toma decisão sobre homem confundido com traficante na Globo

Globo
Justiça do Rio decide parecer favorável a Globo em processo de homem confundido com traficante em reportagem (Imagem: Divulgação / Globo)

A Justiça do Rio de Janeiro deu parecer favorável em segunda instância à Globo no processo movido por um homem que pede indenização por dano moral após supostamente ser confundido com um traficante em matérias veiculadas nos telejornais da emissora.

Segundo o Notícias da TV, o canal carioca havia perdido a ação em primeira instância, mas, desta vez, o desembargador Arthur Narciso de Oliveira Neto entendeu que o reclamante teve a sua identidade preservada, e aceitou que a justificativa da “matéria apresentou cunho puramente jornalístico”.

A reportagem em questão foi exibida em junho de 2017 no Bom Dia Rio, Bom Dia Brasil e também na GloboNews. O caso foi encerrado no mês passado. Durante o processo, o homem morreu e passou a ser representado por seu filhos.

As matérias exibiram imagens de grupos de homens, atribuídos a traficantes que estariam transitando livremente com posse de armas na rua Senador Nabuco, um dos acessos ao Morro dos Macacos. O homem estava passando pela via no momento das gravações.

Ele apareceu nas imagens empurrando um carrinho de feira carregando as compras que havia feito no mercado, mas um jornalista da Globo teria dito, durante o Bom Dia Rio, que ele carregava uma sacola de drogas. Essa informação não foi replicada e, por isso, foi desconsiderada.

A primeira instância condenou a emissora a pagar uma indenização de R$ 20 mil por danos morais. O juiz Leonardo de Castro Gomes, da 17ª Vara Cível do Rio de Janeiro, entendeu, apesar de reconhecer que o dano a honra do acusado foi “diminuto”, que o rapaz sofreu dano ao ser definido como um criminoso.

A Globo recorreu da decisão e o desembargador Arthur Narciso de Oliveira, da 26ª Câmara Cível do Rio de Janeiro acatou o pedido do canal, justamente por entender que a imagem do homem exibida foi preservada.

Procurada pela publicação, a emissora disse não comentar decisões judiciais, porém, “reitera o compromisso do seu Jornalismo de buscar sempre a informação mais precisa, que possa ser apurada, para levar ao público”.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.