Lacombe ataca a Globo, ridiculariza Huck e faz grave acusação contra o JN

Lacombe
Lacombe disparou contra a Globo e a acusou de querer derrubar o governo (Imagem: Reprodução/ Youtube)

Ex-jornalista da Globo, Luís Ernesto Lacombe soltou o verbo contra a emissora e afirmou que ela deseja derrubar o governo de Jair Bolsonaro (sem partido). O apresentador, cabe lembrar, é um ferrenho apoiador do presidente da República e costuma expressar elogios ao trabalho do político nas redes sociais.

“Eu tenho hoje críticas pesadas e profundas contra o jornalismo que a Globo faz. Acho que a Globo está numa guerra contra um governo e milita e faz de tudo para derrubar um presidente. Pode até ser que você esteja lendo um TP, mas o que aconteceu antes, já denota uma guerra contra o governo”, disparou o jornalista em entrevista ao colunista Leo Dias, do Metrópoles.

Lacombe acrescentou: “Então quando a Globo seleciona, quando eu falo dos dois momentos mais sensíveis, ainda que todos processos de jornalismo sejam sensíveis é: a escolha da história que você vai contar e como você vai contar essa história”.

“Praticamente omitem o que há de bom deste governo ou inventam ou aumentam o que há de ruim. O caso mais clássico é o caso do porteiro do Bolsonaro, quando não havia uma matéria e mesmo assim eles fizeram a matéria. Eventualmente eles erram a mão e erram a mão feio”, apontou o famoso.

O ex-Band ainda destacou: “Quando houve a divulgação da reunião ministerial do dia 22 de abril, o Willian Bonner chama um trecho de uma fala do Bolsonaro e diz que durante a reunião o presidente pediu para Moro que fosse blindado”.

“Aí roda o trecho da entrevista e mostra que Bolsonaro disse ao contrário, que não quer ser blindado. E aí cinco minutos depois, o Bonner volta e faz a correção com um textinho: ‘Erramos e como vimos nas palavras do próprio presidente ele pediu para não ser blindado’. Neste mesmo dia, quatro horas depois, no Jornal da Globo, eles cometem o mesmo erro. Chama o mesmo texto e 15 minutos depois o repórter corrige com o mesmo texto do Willian Bonner“, opinou ele.

Luís Lacombe também afirmou que a emissora carioca “comprou o politicamente correto” e que isso acaba sendo “mais espécie de censura a um pensamento e uma linguagem, então ele separa, ele divide”.

“Esse politicamente correto é nefasto. Você tem uma emissora que briga contra o governo e aposta todas as suas fichas no progressismo, que para mim prega um mundo irreal”, completou.

Metralhadora contra Huck

Ainda na conversa, o apresentador falou sobre as eleições de 2022 e garantiu que Luciano Huck, caso venha como candidato à presidência, não tem chance.

“Sem chance, não acho que deva ser candidato. Não tem a ver. Não acho que tenha espaço para uma pessoa como ele. Eu prefiro que ele não vá“, disparou o famoso, que seguiu: “Eu espero que ele não seja candidato e se for que não ganhe. Não acho que alguém como ele tem o perfil para presidir o Brasil”.

“Ele se joga dos dois lados. Às vezes se vende como liberal, mas embarca muito neste discurso progressista e de agenda global, que eu acho péssimo”, concluiu.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.